Por cantos racistas, Inter jogará com portões fechados

Durante a partida Inter x Napoli, Koulibaly foi alvo de gritos de macaco diversas vezes por parte dos torcedores do time de Milão

Kalidou Koulibaly foi alvo de xingamentos racistas Kalidou Koulibaly foi alvo de xingamentos racistas  - Foto: AFP

A Inter de Milão terá que disputar duas partidas com portões fechados como punição pelos gritos racistas da torcida contra o zagueiro senegalês do Napoli Kalidou Koulibaly, na quarta-feira (26) em partida do Campeonato Italiano, anunciou nesta quinta (27) a entidade disciplinar da Liga italiana de futebol.

Durante a partida, vencida por 1x0 pela Inter de Milão, Koulibaly foi alvo de gritos de macaco diversas vezes, principalmente no momento em que foi expulso de campo por receber um segundo cartão amarelo.

Leia também:
Partida entre Napoli e Inter marcada por gritos racistas


A Inter também foi punida com o fechamento parcial do "segundo anel verde" superior do estádio, a famosa Curva Norte, onde tradicionalmente ficam as torcidas organizadas do clube.

Em comunicado, a entidade disciplinar da Liga citou "cantos ofensivos de caráter racista (...) em direção a Kalidou Koulibaly", mas também "cantos racistas de caráter territorial" para os torcedores napolitanos.

O comunicado também informa que Koulibaly será suspenso por dois jogos pela expulsão de campo na quarta-feira.

Koulibaly foi expulso a 15 minutos para o fim da partida por receber dois cartões amarelos seguidos, o primeiro por uma falta e o segundo por aplaudir ironicamente o árbitro. A partida estava empatada em 0x0 quando o zagueiro foi expulso.

Veja também

Novo presidente do Sport será escolhido via eleições diretas
Futebol

Novo presidente do Sport será escolhido via eleições diretas

Tite promete novas mudanças no Brasil e critica gramado do Nilton Santos
Seleção Brasileira

Tite promete novas mudanças no Brasil e critica gramado do Nilton Santos