Por Copa, Neymar fará cirurgia e deverá voltar em maio

Atacante ficará fora dos próximos dois amistosos da Seleção, contra Rússia e Alemanha, ambos em março

lesão no tornozelo fez Neymar chorar durante a vitória do Paris Saint-Germain sobre o Olympique de Marselhalesão no tornozelo fez Neymar chorar durante a vitória do Paris Saint-Germain sobre o Olympique de Marselha - Foto: Geoffroy Van Der Hasselt/AFP

O atacante Neymar passará por uma cirurgia nos próximos dias para a colocação de um pino na fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito durante o jogo do Paris Saint-Germain contra o Olympique de Marselha, no último domingo (25).

O tempo de recuperação estimado é de pelo menos dois meses e a volta do atacante brasileiro deve ocorrer em maio. A informação foi publicada pelo site Globoesporte e posteriormente confirmada pela reportagem.

A decisão foi tomada pelo próprio jogador, na noite de segunda-feira (26), e teve como principal motivo a total recuperação antes da Copa do Mundo. Segundo especialistas consultados, a lesão poderia não cicatrizar por completo sem cirurgia.

Desta forma, Neymar voltará a jogar às vésperas da Copa, que terá início em junho na Rússia. O brasileiro deve participar de partidas das rodadas finais do Campeonato Francês e, se o PSG avançar, da reta final da Liga dos Campeões.

Leia também:
Neymar tem fissura diagnosticada e desfalca PSG
[Fotos] Após susto, entorse afasta Neymar dos gramados por uma semana
Exame descarta lesão séria em Neymar

Inicialmente, Neymar foi avisado de que o entorse no tornozelo direito era leve. O problema foi a existência de uma fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito também no duelo contra o Olympique de Marselha.

Neymar teve uma segunda-feira agitada. Foi ao PSG pela manhã e teve diagnóstico positivo quanto ao problema no tornozelo. O estafe do jogador chegou a trabalhar com a possibilidade de presença contra o Real Madrid, na próxima semana.

De noite, ao realizar novos exames no hospital, o camisa 10 foi informado sobre a fissura no pé e, pouco depois, escolheu realizar a cirurgia. A decisão foi tomada em conjunto com o pai, Neymar da Silva Santos, o preparador físico, Ricardo Rosa, e o fisioterapeuta, Rafael Martini. A expectativa é de que o retorno aos treinamentos aconteça no fim de abril.

A contusão vai tirar Neymar dos dois próximos amistosos da seleção brasileira, contra a Rússia (23 de março) e Alemanha (27 de março). Tite anunciará os convocados na próxima sexta-feira (2). Serão os dois últimos jogos antes da lista final para o Mundial, que será apresentada em maio.


Veja também

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque
Futebol

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque

Khabib Nurmagomedov deixa o MMA com recordes e invencibilidade histórica
MMA

Khabib Nurmagomedov deixa o MMA com recordes e invencibilidade histórica