Por milagre, Santa encara o Fla

Em situação desesperadora na classificação da Série A, time tricolor enfrenta o Flamengo

Macamba, cantor e compositor Macamba, cantor e compositor  - Foto: Talitha Accioly/Divulgação

Mais uma vez, um adversário que luta pelo título da Série A do Campeonato Brasileiro está no caminho do Santa Cruz. E em sequência. Após ser derrotado pelo Palmeiras, na rodada passada, o Tricolor terá pela frente o Flamengo, às 17h deste domingo, no estádio Pacaembu, em São Paulo. Na matemática coral, sete vitórias, nas próximas dez partidas, seriam necessárias para livrar a equipe do rebaixamento. Tal objetivo se mostra cada vez mais complicado. Pior: diante dos cariocas, pelo menos quatro peças do time titular irão desfalcar a equipe.

O Santa Cruz chega para o confronto ainda na vice-lanterna da Série A com 23 pontos em 28 jogos. A equipe tem seis vitórias, cinco empates e 17 derrotas, com um aproveitamento de 27,4%. Já o Flamengo, atual segundo colocado na competição, está com 54 pontos. Nos mesmos 28 jogos, conseguiu 16 vitórias, seis empates e seis derrotas. O aproveitamento na competição é de 64,3%. A diferença para o líder Palmeiras é de apenas três pontos, enquanto que para os tricolores saírem da zona de rebaixamento são necessários dez pontos.

Conseguir uma vitória sobre os cariocas, para o meia João Paulo, significa diminuir os constantes erros da equipe na hora de finalizar contra a meta adversária. “O Flamengo tem um bom toque de bola e gosta de envolver o adversário. Temos que saber aproveitar as chances que serão dadas para fazer os gols. Se não vai ser complicado”, afirmou. Apesar das mínimas chances de permanência na Série A, para 2017, o discurso continua sendo de confiança. “A gente tem esperança de conseguir os pontos para sair dessa situação”, completou

Além da derrota por 3x1, o confronto contra o Palmeiras ainda foi o responsável por garantir três desfalques no Santa Cruz. Os zagueiros Danny Morais e Neris, além do meia Písano, foram advertidos com o terceiro cartão amarelo, e por isso estão suspensos. Durante a semana, a dor de cabeça aumentou. O volante Derley não treinou na última quinta-feira, e não tem prazo para retorno. “O jogador tem um problema de tendinite. Será reavaliado nos próximos dias e vai ficar no departamento médico”, disse o médico Rodrigo Arruda.

Diante desses problemas, o técnico Doriva já encontrou a solução. Para a zaga, a dupla Luan Pres e Wellington Silva será acionada. Na vaga de Pisano, o atacante Arthur, destaque na derrota contra o Palmeiras, com um gol e o pênalti sofrido, deverá ser o escolhido. Para formar a trinca de volantes, ao lado de Uillian Correia e João Paulo, Jedson foi o testado. Por outro lado, quem retorna após suspensão é o lateral direito Léo Moura, ex-Flamengo.

Veja também

Juninho Lola lamenta gol no fim: 'Empate caiu do céu para o Cruzeiro'
Náutico

Juninho Lola lamenta gol no fim: 'Empate caiu do céu para o Cruzeiro'

Hamilton diz que aposentadoria está próxima, mas pretende correr em 2021
Fórmula 1

Hamilton diz que aposentadoria está próxima, mas pretende correr em 2021