'Portas abertas': ex-coordenador do Núcleo de Gestão pode retornar ao Santa

Roberto Freire esteve à frente do Núcleo de Gestão do clube por dois anos, desde 2018, quando Constantino Júnior assumiu a presidência tricolor. O empresário, no entanto, deixou o posto no início deste ano

Roberto Freire, ex-diretor do Núcleo de Gestão do Santa CruzRoberto Freire, ex-diretor do Núcleo de Gestão do Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens/Arquivo Folha

O Santa Cruz pode voltar a contar com um ex-dirigente. Trata-se de Roberto Freire, que esteve à frente do Núcleo de Gestão do clube por dois anos, desde 2018, quando Constantino Júnior assumiu a presidência coral. A informação foi confirmada pelo próprio Tininho, ao dizer que o clube está de “portas abertas” para contar com o trabalho desenvolvido pelo empresário, caso ele considere este como o momento oportuno para retornar às bandas do Arruda.

“A gente conversou. Ele tem portas abertas, pela entrega. É um cara que gosta do clube, pelos serviços prestados ao clube e à nossa gestão. E vemos com muito bons olhos uma possível volta dele. É até para se comemorar, nossa frente de trabalho está somando e trazendo cada vez mais gente competente, com identidade e que goste do clube. Se ele julgar que está no momento de poder prestar serviço e ajudar, as portas estão abertas”, disse Constantino Júnior à reportagem da Folha de Pernambuco.

Leia também:
Torcedoras do Santa entram em onda de desafios na 'quarentena'
Com ‘efeito dominó’ aumentando, Santa prioriza vidas e empregos
CBF auxiliará séries C e D, e pernambucanos serão beneficiados

Freire deixou o cargo no início de fevereiro deste ano. Na ocasião, o ex-dirigente esclareceu à reportagem não ter ocorrido nenhum problema para a sua renúncia ao cargo de coordenador do Núcleo de Gestão do Santa. Afirmou, entretanto, que estava “muito desgastado com todo o processo. Afinal de contas são dois anos sob fogo cruzado diariamente”. No período, ele também relatou que resolveu se afastar de suas funções “por não ter mais o controle da gestão dos recursos, pois quem vem administrando o clube são os credores”.

Em contanto com a reportagem, o empresário confirmou o interesse do clube em seu retorno, mas explicou que ainda não existe nada concreto. Segundo Freire, um planejamento ainda está sendo traçado e, em breve, as tratativas devem ser definidas.

“Tininho e outros dirigentes vieram falar comigo justamente sobre esse momento (de crise) e aí pediram para eu voltar. Eu deixei um legado lá (no Arruda) muito bom com a gestão e eu tenho uma respeitabilidade muito grande no mercado. Estamos conversando ainda para desenvolver modelos de como eu posso voltar. E acredito que nas próximas semanas a gente decida como isso vai ser, mas não tem nada resolvido ainda. Estamos desenhando ainda um modelo para viabilizar a volta. Vamos ter que fazer muitas modificações. Não tem nada certo ainda. Vamos ver como definir isso”, pontuou Roberto Freire.

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz