Portugal e Uruguai não treinam em Sochi para poupar gramado

Para o jogo decisivo de oitavas, Uruguai e Portugal receberam pedido da Fifa para não treinar no Estádio Olímpico de Fisht

Portugal encara o Uruguai nas oitavas de final Portugal encara o Uruguai nas oitavas de final  - Foto: JUAN MABROMATA / AFP

Devido ao estado delicado do campo, a Fifa pediu que Uruguai e Portugal que não realizem treinamentos no Estádio Olímpico de Fisht, em Sochi. As seleções acataram a solicitação e desta forma ficam sem fazer o reconhecimento do gramado do confronto das oitavas de final da Copa do Mundo, que será neste sábado (30), às 15 horas (de Brasília).

Frente ao problema, a federação uruguaia informou em comunicado oficial que a seleção treina na sexta-feira no estádio Park Arena, outro estádio de Sochi. Já a entrevista coletiva do técnico Óscar Tabárez está mantida no estádio de Fisht. "A Fifa fez um pedido direto às seleções para que o gramado tenha uma melhor recuperação e chegue em condições", informa a entidade.
Leia também:
Cristiano Ronaldo perde pênalti, mas Portugal se classifica
Giménez treina e deve reforçar o Uruguai contra Portugal

De certa forma o cenário beneficia a seleção portuguesa, que estreou em Sochi no empate por 3 a 3 contra a Espanha. Foi o primeiro dos quatro partidas que a sede recebeu durante a fase de grupos -mesma quantidade de jogos dos demais estádios. Ao contrário dos uruguaios, Portugal não informou o local do seu treino.

Veja também

Vasco faz 3 a 0 no CRB e vence a primeira em casa na Série B
Campeonato Brasileiro

Vasco faz 3 a 0 no CRB e vence a primeira em casa na Série B

Vôlei: seleção feminina garante vice-liderança na Liga das Nações
Vôlei

Vôlei: seleção feminina garante vice-liderança na Liga das Nações