Primeiro avião com corpos de jogadores chega a Chapecó

chegada foi saudada por uma salva de fogos de artifício no estádio Arena Condá

Senador Armando Monteiro (PTB-PE)Senador Armando Monteiro (PTB-PE) - Foto: Divulgação / Senado

Os dois aviões com os corpos de 50 jogadores de futebol e integrantes da equipe técnica da Chapecoense mortos em um acidente aéreo em Medellín pousaram neste sábado (3) no aeroporto desta cidade do sul do país, constatou a AFP.

O primeiro Hércules-130 da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou às 09h45 locais sob uma intensa chuva, seguido poucos minutos depois pelo segundo. A primeira chegada foi saudada por uma salva de fogos de artifício no estádio Arena Condá, para onde os corpos serão levados para receber um último adeus.

As notícias divulgadas inicialmente informavam sobre a transferência de 51 corpos, mas um porta-voz da FAB disse à AFP que eram 50.

O acidente de Medellín deixou 71 mortos e seis sobreviventes. Entre os falecidos havia cinco bolivianos, um paraguaio e um venezuelano, além de vários jornalistas, muitos deles de grandes meios de comunicação que fretaram seus próprios voos para repatriar os corpos.

A cidade vive de luto desde a notícia que interrompeu o sonho deste pequeno time de disputar a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional de Medellín. "Vim para prestar a última homenagem da torcida a nossa equipe. Sempre apoiei a Chapecoense, especialmente nestes últimos anos nos quais não parou de crescer. Ainda não posso acreditar no que aconteceu", afirmou o arquiteto Alexandre Bledin, de 34 anos, com a camisa do time.

Veja também

Geraldão recebe primeira final após reforma
Esportes

Geraldão recebe primeira final após reforma

Liverpool em campo, Série C e prova final da Fórmula Indy são destaques no DAZN
Agenda

Liverpool em campo, Série C e prova final da Fórmula Indy são destaques no DAZN