Pró-Criança compete por vagas no Brasileiro de Judô

Bicampeã estadual, equipe do Pró-Criança conquistou 18 medalhas de ouro na primeira etapa do Pernambucano 2018, em Vitória de Santo Antão.

Judocas do Movimento Pró-CriançaJudocas do Movimento Pró-Criança - Foto: Divulgação

Considerada a melhor equipe de judô de Pernambuco, segundo a Federação Pernambucana da modalidade, o Movimento Pró-Criança sobe no tatame, neste sábado (7), em busca de vagas no Campeonato Brasileiro de Judô. Os duelos começam às 9h, no Ginásio de Esportes da Secretaria de Educação do Estado, que fica na Várzea, Zona Oeste do Recife. O Pró-Criança será representado por 19 judocas, com idades entre 11 e 18 anos, que vão competir nas categorias sub 13, sub 15, sub 18 e sub 21 masculina e feminina.

Para chegar com força na disputa nacional, o objetivo dos atletas da instituição é manter o bom desempenho da primeira etapa do Pernambucano, realizada em março, em Vitória de Santo Antão, quando conquistaram 18 medalhas de ouro. O resultado é o dobro do que ganharam na mesma fase do campeonato do ano passado, quando o Pró-Criança se sagrou bicampeão estadual. “Começamos o ano melhor do que imaginávamos, com 32 medalhas no total e nos reafirmando como uma potência do judô em Pernambuco e no Nordeste”, diz o educador físico e sensei do Pró-Criança, Marcílio Félix.

Atualmente, 240 crianças e adolescentes participam das aulas de judô nas unidades Coelhos, que fica na área central do Recife, e Piedade, em Jaboatão dos Guararapes. Em 2017, foram 273 medalhas, sendo 204 de ouro, incluindo a de campeã sul-americana na categoria sub-15 conquistada pela judoca Luciana Silva, de 14 anos.

Leia também:
Atleta do Pró-Criança sagra-se campeã brasileira de judô
Pró-Criança brilha no Campeonato Pernambucano de Judô
Movimento Pró-Criança prepara jovens para o esporte

Apesar de colecionar conquistas, o Pró-Criança trava uma luta diária em busca de patrocinadores. O apoio é fundamental para que a entidade continue garantindo as vitórias nos tatames e na vida de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade social. Você pode ajudar contribuindo com valores a partir de R$ 1,50 nas contas de água ou de energia elétrica.

Veja também

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'
Náutico

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa
Série B

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa