Promessa de novos rumos na Ilha do Retiro

Com 14.119 sócios aptos, votação ocorre das 8h às 18h, na sede social do Leão. Previsão é de que vencedor seja anunciado às 20h

Ilha do Retiro deve receber Sport x Brasil de Pelotas.Ilha do Retiro deve receber Sport x Brasil de Pelotas. - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

A temporada 2019 já começa a partir desta terça-feira (18) na Praça da Bandeira. Mas, a disputa não vai acontecer nos gramados do Adelmar da Costa Carvalho, como de costume, mas sim nas urnas localizadas na sede social do Sport Club do Recife. Das 8h às 18h os associados aptos a votar irão escolher o novo presidente executivo que irá comandar o clube no biênio 2019/2020. Além disso, os rubro-negros irão também escolher o novo presidente do Conselho Deliberativo. As duas únicas chapas na disputa são a Chapa 1 - "Sport do Povo", encabeçada pelo ex-presidente Milton Bivar, e a Chapa 3 - "Uma Razão para Viver", que tem Eduardo Carvalho como principal nome. Para ter direito a exercer o direito do voto, são duas as principais exigências: ter mais de 18 anos e ser associado, no mínimo, há um ano. Ou seja, o sócio precisa ter ingressado no quadro social até 18/12/2017 para estar em condições. De acordo com a informação repassada pelo Rubro-negro, são 14.119 sócios liberados para votar.

Esse pleito, em específico carrega uma particularidade. Pela primeira vez na história do Sport, o bloco de situação não lançou candidato. O ex-diretor de futebol, Augusto Carreras, chegou a se lançar como postulante, mas alguns dias depois, após o rebaixamento do clube para a Série B, desistiu da disputa "visando a pacificação do clube", segundo apontou o próprio Carreras. Sendo assim, obrigatoriamente o vencedor sairá de uma chapa opositora à atual gestão. Em 1986, foi a primeira e única vez até então que um oposicionista derrotou um candidato de situação, quando Homero Lacerda bateu Wanderson Lacerda nas urnas. A Assembleia Geral Ordinária (votação) acontecerá das 8h às 18h. O anúncio do resultado está previsto para as 20h.

Leia também:
Candidato no Sport, Milton Bivar apresenta suas propostas
Candidato no Sport, confira proposta de Eduardo Carvalho


Durante as campanhas dos dois postulantes, um clima parecido com a última eleição na Ilha do Retiro. Em 2016, quando Arnaldo Barros derrotou Wanderson Lacerda, poucas trocas de acusações, com Lacerda cumprimentando Barros logo após o resultado do pleito. No atual quadro, o ambiente também não chega a ser tumultuado. Entre as propostas, Milton Bivar exalta o apoio que possui de oito ex-presidentes e seu foco numa política de austeridade para conseguir negociar dívidas, manter alguns jogadores e montar um time competitivo respeitando os limites financeiros. Já Eduardo Carvalho defende toda a profissionalização do quadro de dirigentes, mantendo o executivo de futebol, projetando uma folha salarial do elenco de R$ 1,7 milhão e prometendo um Sport moderno e contemporâneo.

Veja também

Sport pouco produz e perde para o Juventude fora de casa
Série A

Sport pouco produz e perde para o Juventude fora de casa

Hélio se diz "muito satisfeito" e destaca personalidade da equipe em nova vitória na Série B
Náutico

Hélio se diz "muito satisfeito" e destaca personalidade da equipe em nova vitória na Série B