PSG encara Nice sem Neymar, mas talvez com Cavani e Mbappé

Equipe francesa, lider da Ligue 1, vem lidando com constantes lesões no plantel desde o início da temporada

Neymar tem feito gols decisivos no início da temporada 2019/2020 na EuropaNeymar tem feito gols decisivos no início da temporada 2019/2020 na Europa - Foto: AFP

Sem o astro Neymar e o senegalês Idrissa Gueye: o PSG segue tendo que lidar com desfalques, e nesta sexta-feira (18) joga em Nice (15h45, pelo horário de Brasília) na 10ª data da Ligue 1, com esperanças de poder contar com o francês Kylian Mbappé e o uruguaio Edinson Cavani.

Desde o início da temporada, as lesões acompanharam o atual campeão francês, e a pausa para as datas Fifa não ajudou a deixar a má sorte para trás. Em Singapura, onde o Brasil disputou duas partidas amistosas, Neymar sofreu uma lesão na parte posterior da coxa o que o levou a ficar quatro semanas afastado aproximadamente. Ou seja, não poderá jogar nas próximas partidas da Liga dos Campeões e nem no clássico francês contra o Olympique de Marselha no dia 27 de outubro. Poucas horas depois, foi o volante Idrissa Gueye que se juntou aos desfalques devido a uma lesão parecida. O mesmo acontece com Thilo Kehrer.

Além dos contundidos, há um jogador suspenso: o lateral espanhol Juan Bernat. O técnico do PSG, Thomas Tuchel, ainda espera a primeira rodada desta temporada em que poderá contar com 100% de seu elenco. Mas por outro lado, o líder da Ligue 1 poderá contar no jogo contra o Nice com seus outros dois astros: Kylian Mbappé e Edinson Cavani.

"(Mbappé) completou uma semana de treinos mas tenho que falar com ele porque não é possível jogar 80 ou 90%. Se ele jogar tem que ser 100%, dar tudo de siem termos de intensidade. O mesmo para 'Edi' Cavani. É preciso esperar um pouco", explicou o técnico alemão.

Lesionado na coxa desde o fim de agosto, Mbappé só jogou desde então no dia 28 de setembro em Bordeaux e depois no dia 1° de outubro contra o Galatasaray pela Champions, meia hora em cada um das duas partidas.

Já Cavani enfrentou uma lesão no quadril, um problema que já havia sofrido na temporada passada. Mas diante da proximidade do duelo da Liga dos Campeões contra o Brugge, na terça-feira, a princípio serão escalados jogadores como os argentinos Ángel Di María e Mauro Icardi.

Leia também:
Neymar ficará quatro semanas fora dos gramados
Amizade entre Neymar e Mbappé empolga PSG
Cavani segue desfalcando PSG e Tuchel pede paciência


Em Nantes, segundo colocado a dois pontos do PSG e que vem de três vitórias consecutivas, viaja para enfrentar o lanterna Metz, embora a parte de baixo esteja muito apertada, com nove equipes em três pontos (de 11º a 20º). Além disso, neste fim de semana um dos destaques é a visita do Lille ao Toulouse, equipe que vai estrear no sábado seu novo treinador, Antoine Kombouaré.

Veja também

Wawrinka vence Murray na primeira rodada de Roland Garros
Roland Garros

Wawrinka vence Murray na primeira rodada de Roland Garros

Aniversariante do dia, Simona Halep vence na abertura de Roland Garros
Roland Garros

Aniversariante do dia, Simona Halep vence na abertura de Roland Garros