PSG goleia Barcelona com show de Di María

Os donos da casa dominaram a partida do início ao fim, pressionando a saída de bola dos catalães e criando muitas chances de gol

O Paris Saint-Germain atropelou o Barcelona por 4 a 0, nesta terça-feira (14)O Paris Saint-Germain atropelou o Barcelona por 4 a 0, nesta terça-feira (14) - Foto: PHILIPPE LOPEZ / AFP

O Paris Saint-Germain surpreendeu o mundo ao atropelar o Barcelona por 4 a 0, nesta terça-feira (14), e praticamente garantir a classificação para as quartas de final da Champions League.

Os donos da casa dominaram a partida do início ao fim, pressionando a saída de bola dos catalães e criando muitas chances de gol. O resultado poderia ser ainda mais elástico, não fosse algumas difíceis defesas do alemão Ter Stegen.

No dia de seu aniversário, o argentino Di María abriu o placar, aos 18 minutos do primeiro tempo, e o alemão Julien Draxler fez o segundo, aos 40. Na segunda etapa, Di María fez o segundo dele, aos 10, e o uruguaio Edinson Cavani fechou a conta, aos 26 minutos.

É o terceiro confronto entre as equipes na fase final da Champions em menos de cinco anos. Nas outras duas vezes que os times se encontraram, o Barça saiu vencedor, em 2012/13 e 2014/15. A única vez que o PSG se classificou foi em 1994/95, nas quartas de final, e a equipe parece querer repetir o feito.

O técnico espanhol Unai Emery jogou 24 partidas contra o Barcelona e, até o jogo de hoje, tinha vencido apenas uma vez, com 6 empates e impressionantes 16 derrotas.

Quem também conseguiu quebrar um tabu foi Cavani. O atacante estava a 420 minutos sem marcar contra o Barcelona, somando todos os cinco jogos dos três confrontos desta década.

A última vez que o Barcelona levou 4 gols em um jogo foi contra o Celta de Vigo, pela Liga Espanhola, dia 20 de setembro de 2015. Para se classificar, o Barcelona vai precisar vencer por cinco gols de diferença.

O jogo de volta vai ser realizado no dia 8 de março, no Camp Nou.

Veja também

Após vitória, auxiliar técnico César Lucena elogia time do Sport: 'Lutou pelo resultado até o fim'
Sport

Após vitória, auxiliar técnico César Lucena elogia time do Sport: 'Lutou pelo resultado até o fim'

Hélio dos Anjos minimiza queda de rendimento no segundo tempo e dispara: ‘Clássico se ganha’
Náutico

Hélio dos Anjos minimiza queda de rendimento no segundo tempo e dispara: ‘Clássico se ganha’