Punido, Medina vai à repescagem da 1ª etapa do Mundial

Quem também perdeu sua primeira bateria foi o havaiano John John Florence, atual campeão do mundo

Gabriel MedinaGabriel Medina - Foto: Ed Sloane/WSL

O surfista Gabriel Medina, 24, foi punido após cometer uma interferência durante sua bateria na etapa de Gold Coast, a primeira do Mundial de surfe, na Austrália.

Assim, o paulista ficou apenas na terceira colocação e terá que disputar a repescagem para continuar na briga pelo título da competição. O vencedor da bateria foi o brasileiro Ítalo Ferreira, que avançou diretamente para a terceira fase.

Leia também:
Mundial 2018 faz convite ao futuro do surfe 

Além de Medina e Ítalo, outros cinco brasileiros já estrearam, todos com derrota: Caio Ibelli, Michael Rodrigues, Ian Gouveia, Willian Cardoso e Adriano de Souza, o Mineirinho, campeão em 2015.

Eles também disputarão a repescagem, que deve ser realizada nesta segunda-feira (13).
Quem também perdeu sua primeira bateria foi o havaiano John John Florence, atual campeão do Mundial de surfe.

Veja também

Na busca por ‘final feliz’, Santa formaliza proposta para renovação do contrato de Pipico
Renovação de contrato

Na busca por ‘final feliz’, Santa formaliza proposta para renovação do contrato de Pipico

Alvo frustrado do Palmeiras, Ramírez mostra que acredita nos processos
Futebol

Alvo frustrado do Palmeiras, Ramírez mostra que acredita nos processos