Rafael Marques quer fazer valer números no Allianz Parque

Com 12 gols no estádio do Palmeiras, Rafael Marques é o terceiro maior artilheiro do Allianz Parque, atrás apenas de Dudu (23) e Borja (15)

Rafael Marques, atacante do SportRafael Marques, atacante do Sport - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Último contratado para a disputa do Campeonato Brasileiro, o atacante Rafael Marques chegou com moral para brigar por uma vaga de titular no Sport. Apesar da não vir de uma grande passagem pelo Cruzeiro, onde não teve muito espaço com o treinador Mano Menezes, o jogador tem total confiança de Claudinei Oliveira. Por isso deverá ser titular diante do Palmeiras, neste sábado (26), no Allianz Parque.

Leia também:
Com Rogério dúvida, Sport deve ter três volantes contra o Verdão
Capitão e líder em desarmes: Anselmo comemora fase no Sport
Por contrato, Sport não terá Michel Bastos contra o Palmeiras
Sport renova até 2021 com Maílson, possível sucessor de Magrão

Aliás, é neste mesmo estádio que Rafael Marques já foi muito feliz. Inaugurado em 2014, justamente num Palmeiras 0x2 Sport, o estádio palmeirense faz o atleta se sentir em casa. Com 12 gols anotados no Allianz Parque, Rafael é o terceiro maior artilheiro do Allianz Parque, ficando atrás apenas de Dudu, que tem 23 gols anotados no estádio, e do colombiano Borja, que tem 15 tentos.

Com duas semanas de Ilha do Retiro e tendo feito a sua estreia no último domingo (20), Rafael Marques afirma que já se sente adaptado ao Sport e não esconde a felicidade de ser um dos principais artilheiros no estádio palmeirense. “Para mim é uma marca motivadora para esse jogo. Óbvio que isso não pode ser só uma motivação pessoal, mas um quesito a mais a acrescentar. Quero sair com a vitória, independente de marcar gol ou não. Mas claro que motiva, até porque tive uma história marcante ali, de conquistas e gols”, disse Rafael Marques, em entrevista ao site oficial do Sport.   

Atuar diante do Palmeiras, no Allianz Parque, é um jogo que motiva qualquer jogador. E como Rafael Marques não é diferente. O atleta vestiu a camisa palmeirense em duas ocasiões: em 2004 e em 2015. “É um jogo muito bom de jogar, atmosfera boa, creio que vai ser uma bela partida. Sei da intensidade que é jogar ali, a torcida apoia muito. Temos que suportar a pressão dos 15 minutos iniciais, saber sofrer quando precisar e atacar quando tiver que atacar, jogando sempre de forma compacta”, frisou.

Veja também

Após 16ª vitória, Robson Conceição vira top-15 mundial dos superpenas
Boxe

Após 16ª vitória, Robson Conceição vira top-15 mundial dos superpenas

Brasil conta com Neymar para as Olimpíadas em Tóquio
Futebol

Brasil conta com Neymar para as Olimpíadas em Tóquio