Futebol

Rafael Ribeiro cita força mental em recuperação do Náutico na Série B

Após período ruim, Timbu engatou três vitórias consecutivas na competição, todas de virada

Rafael Ribeiro, defensor alvirrubroRafael Ribeiro, defensor alvirrubro - Foto: Tiago Caldas/CNC

O Náutico dos últimos três jogos da Série B do Campeonato Brasileiro 2021 pode ser definido por uma característica: poder de reação. Nos confrontos perante Operário/PR, Goiás e Ponte Preta, o Timbu saiu atrás do placar, mas conseguiu se recuperar e vencer de virada. Recuperação que, além da evolução nos aspectos técnicos e táticos, também tem outro fator importante, na visão do zagueiro Rafael Ribeiro.

“Estamos fortes mentalmente. Não deixamos de acreditar em momento algum. Conseguimos correr atrás dos resultados. Mas já deu: queremos sair à frente (contra o Vasco). É difícil sempre sair atrás e buscar (a virada)”, afirmou.

A chance de engatar a quarta vitória consecutiva é no domingo (24), contra o Vasco, nos Aflitos. Jogo em que o Náutico não terá o parceiro de defesa de Rafael, Camutanga, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

“Camutanga é um jogador muito importante. Ele se dedica bastante nos jogos. Quem for entrar, terá total confiança do grupo. Seja Carlão ou Yago. Eles são jogadores fundamentais, dão o máximo em campo. Carlão é um garoto mais novo, viril e sempre demonstra vontade. Yago é mais experiente, de muita qualidade. Independente de quem jogar, vai dar conta do recado”, declarou. 

 

Veja também

Barcelona perde para o Bayern e se despede da Liga dos CampeõesFutebol

Barcelona perde para o Bayern e se despede da Liga dos Campeões

"Base não pode ser somente tapa-buraco", alerta Everton FelipeFutebol

"Base não pode ser somente tapa-buraco", alerta Everton Felipe