A-A+

Real Jardim conquista categoria sub-15 do Recife Bom de Bola

Novidade na edição deste ano, o futsal também conheceu os vencedores masculinos e femininos

Além do troféu, meninos do Real Jardim levam premiação de mil reaisAlém do troféu, meninos do Real Jardim levam premiação de mil reais - Foto: Maurício Ferry/Seturel

Com dois gols do meio-campista Antônio Gabriel, o “Bibigol”, o Real Jardim F.C. derrotou o União da Gávea Núcleo Retrô, neste sábado (30), e conquistou o título da categoria Sub-15 do Recife Bom de Bola 2019. A final aconteceu no campo do Quartel do Derby e rendeu premiação em dinheiro para as duas equipes. O maior campeonato de futebol de várzea do mundo é realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel).

A vitória começou a ser construída logo no início da partida. Bibigol aproveitou bola cruzada na área e acertou um belo voleio no ângulo, abrindo o marcador. A partir daí o União da Gávea tentou pressionar e chegou a acertar o travessão, mas o Real Jardim se defendeu bem e marcou o gol decisivo na segunda etapa, com um chute de fora da área de Bibigol. “Estou sem palavras. Lutamos muito para chegar até aqui e superamos muitas dificuldades. Agora é comemorar e continuar treinando para melhorar sempre”, afirmou o artilheiro do dia.

“Trabalhamos muito para fazer o campeonato o mais próximo possível do jeito que os times queriam e estamos felizes com o resultado. A sensação é de dever cumprido. Sabemos que o esporte educa, doutrina, disciplina, e queremos formar campeões para a vida, não só dentro do campo”, destacou a secretária-executiva de Esportes do Recife, Yane Marques. Ela entregou a premiação para o campeão, que recebeu R$ 1000, e o vice, que teve direito a R$ 500.

Leia também:

Recife Bom de Bola: Formoso Futebol Clube vence RPA-3

Real Jardim e Nova Divinéia comemoram títulos regionais do Recife Bom de Bola 

Futsal feminino e masculino

A Geração Garra conquistou o título do futsal feminino ao derrotar o Garra, de virada, por 2 x 1. A camisa 10 Thays abriu o marcador no primeiro tempo, mas Camila e Valquíria marcaram na etapa complementar para reverter a vantagem adversária e garantir o título.

No masculino, o título veio com uma boa dose de drama e emoção. A equipe do Ladeira F.C. abriu vantagem de 3 x 0 e parecia ter assegurado o título, mas Os Mijadores partiram para o ataque e conseguiram o empate no segundo tempo, com gols de Neyson, Antônio Fernando e João Vitor, levando a decisão para os pênaltis. Contando com o apoio de uma animada torcida, a equipe venceu por 3x2 e comemorou o título. “Nunca desistimos e a união prevaleceu dentro da quadra. A batalha foi grande, mas conseguimos chegar lá”, afirmou o atleta Antônio Fernando 

Veja também

Com mudanças no meio e no ataque, Náutico encara a Ponte
Futebol

Com mudanças no meio e no ataque, Náutico encara a Ponte

"Não podemos fazer de muleta", diz Marcão sobre cansaço por viagem de volta de Cuiabá
Sport

"Não podemos fazer de muleta", diz Marcão sobre cansaço por viagem de volta de Cuiabá