FUTEBOL

Recebido com flores pelo Al-Hilal, Neymar retorna à Arábia Saudita após quatro meses de lesão

Brasileiro se machucou em jogo das Eliminatórias e fez cirurgia no começo de novembro

Neymar protagonizou a transferência mais cara da história do futebolNeymar protagonizou a transferência mais cara da história do futebol - Foto: ANTHONY WALLACE/AFP

Leia também

• Cartão azul no futebol? Árbitros vão testar suspensão temporária; entenda

• Ídolo do Sport, Diego Souza anuncia aposentadoria do futebol

• Jogador de futebol morre após ser atingido por raio na Indonésia; vídeo

Em processo de recuperação de uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, Neymar voltou à Arábia Saudita após quase quatro meses. O Al-Hilal, clube onde joga no Oriente Médio, festejou o retorno do craque, em um vídeo com direito a entrega de flores e assinaturas de autógrafos.

Desde que se machucou na derrota da seleção brasileira para o Uruguai, em outubro do ano passado, em jogo das Eliminatórias para a Copa do Mundo, ele não havia mais voltado à cidade de Riad. A cirurgia pela qual passou foi realizada em Belo Horizonte, no início de novembro.

E o período escolhido por Neymar para voltar à equipe foi justamente o Carnaval, momento em que ele vivenciou polêmicas ao longo da carreira. Em sua chegada de jatinho, apareceu com um moletom e ainda mancando.

Antes de sair do aeroporto em um carro de luxo, recebeu de um homem no saguão um buquê de flores e uma sacola com presentes. Depois, assinou a camisa de um menino que parece torcer para o clube saudita.

 

Em seu tempo no Brasil, Neymar realizou seu comentado cruzeiro no final do ano passado, marcou presença em jogos do Santos no Campeonato Paulista, e completou 32 anos na última segunda-feira (5). No mesmo dia, realizou uma comemoração de luxo na sua mansão em Mangaratiba (RJ), com a presença de muitas celebridades.

"Chorei, sorri e fui muito feliz no meu dia. Depois de 11 anos comemorar perto da minha família e amigos foi incrível", postou ele, após seu aniversário.

Antes de chegar à Arábia Saudita, o jogador ainda fez uma escala em Barcelona, na Espanha, cidade onde atuou por anos, e fez questão de registrar a passagem em seu Instagram.

Treinado pelo português Jorge Jesus, o Al-Hilal lidera a Liga Saudita com folga, mesmo sem Neymar. Invicto após 19 rodadas (17 vitórias e dois empates), o time tem 53 pontos, sete a frente do vice-líder Al-Nassr. Em agosto do ano passado, o clube pagou cerca de 90 milhões de euros (R$ 483,5 milhões) para tirá-lo do Paris Saint-Germain, da França.

Veja também

Sport diz que vai recorrer de punição imposta pelo STJD
Sport

Sport diz que vai recorrer de punição imposta pelo STJD

Rio Open: Thiago Monteiro cai nas quartas de final para o argentino Sebastian Baez
Tênis

Rio Open: Thiago Monteiro cai nas quartas de final para o argentino Sebastian Baez