Vôlei

Recife Vôlei vence Ascade por 3x0 e embala de vez na Superliga B

Com o resultado positivo, o time pernambucano manteve a vice-liderança da competição

Recife Vôlei conquistou mais uma vitória na SuperligaRecife Vôlei conquistou mais uma vitória na Superliga - Foto: Divulgação

Quem manda no Geraldão é o Recife Vôlei. Nesta sexta-feira, a equipe conquistou a quinta vitória consecutiva dentro de casa e se manteve invicta em seus domínios, na Superliga B 2024. Com a campeã olímpica Jaqueline na torcida, o time recifense voltou a jogar bem e venceu sem dificuldades o Ascade por três sets a zero (25x18, 25x15 e 25x16).

Destaque da noite para a central Mari Casas, que não apenas foi uma das maiores pontuadoras da partida como foi decisiva no bloqueio. Com este resultado, o Recife Vôlei se manteve na segunda colocação da competição, atrás apenas do Mackenzie, exatamente o próximo adversário das recifenses, na próxima sexta-feira (08), às 19h, na quadra do Mackenzie Esporte Clube.

O Recife Vôlei jogou o suficiente para vencer o Ascade com facilidade nos três sets. Com o apoio da torcida, que chegou em peso para o confronto, a equipe comandada pelo técnico Adalberto Nóbrega conseguiu ditar o ritmo do jogo do início ao fim. Nem mesmo o começo do primeiro e do segundo sets, quando os times ficaram trocando pontos, foram suficientes para desconcentrar a equipe dona da casa. Disciplinado taticamente e liderado pela levantadora Fabíola e pela líbero Ju Paes, o Recife Vôlei se manteve focado e logo abriu uma boa diferença até alcançar a vitória.

“Acredito que nesta noite não tivemos um jogo fácil. O Ascade tem boas jogadoras e exigiram muito da gente em quadra. Porém conseguimos construir o placar com muita disciplina tática. Fizemos o que treinamos e essa tem sido a tônica da nossa campanha. Muito trabalho e obediência ao processo dentro de quadra”, afirmou o técnico Adalberto Nóbrega.

O treinador do Recife Vôlei aproveitou o último set para rodar toda a equipe. Ele tirou todas as titulares e colocou em quadra Mari Barreto, Paloma, Mylena, Carol e Andressa. A única que permaneceu foi Sabrina. Uma forma de descansar o grupo e ainda dar ritmo de jogo a todo o elenco.

Após a vitória desta sexta-feira, o time vai ganhar o final de semana de descanso e só voltará a treinar na segunda-feira (04). Na quinta, o grupo embarca para enfrentar o Mackenzie no que está sendo considerado um dos jogos mais esperados da Superliga B 2024.

Torcida

O carinho da torcida não aconteceu apenas durante o jogo, após o confronto, Jaqueline e as atletas do Recife Vôlei foram até a torcida para conceder autógrafo, tirar foto e agradecer por todo o apoio recebido durante o jogo. A levantadora Fabíola, sempre a mais requisitada, quase não conseguia sair da torcida, tendo ficado cerca de 45 minutos atendendo todos até todos irem embora.

“Esse apoio da torcida é muito importante e não podemos deixar de agradecer. O Recife Vôlei tem uma torcida única que faz toda a diferença para nós, que estamos em quadra. É nosso principal jogador”, afirmou a levantadora.

Veja também

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota
Tênis

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira
Náutico

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira

Newsletter