Reestreia antecipada do ídolo Grafite no Santa Cruz

Veterano atacante teve a regularização confirmada pela CBF e comanda ataque contra o Guarani

Grafite, atacante do SantaGrafite, atacante do Santa - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Uma reestreia antecipada de um ídolo da torcida. Grafite está garantido no ataque para a próxima partida do Santa Cruz, contra o Guarani/SP, no sábado, no estádio Brinco de Ouro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Depois de ter treinado no time titular, foi regularizado junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no fim da tarde de ontem, e seguiu viagem com a delegação para Campinas.

A sua quarta passagem no Arruda começa com uma responsabilidade ainda maior. Isso porque o camisa 23 tem a missão de substituir o centroavante Ricardo Bueno, que é o artilheiro da equipe na Série B, com quatro gols, mas foi vetado do jogo pelo departamento médico por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa direita. A disputa entre os atacantes pela titularidade promete ser acirrada até o fim da competição.

O experiente jogador de 38 anos não atua há mais de um mês. Seu último jogo aconteceu no dia 2 de julho, na derrota para o Sport por 1x0, quando estava disputando a Série A pelo Atlético/PR, onde só fez um gol em 24 atuações. Além de tentar ajudar a tirar o clube de perto da zona de rebaixamento, ele também tem outro desafio particular: encerrar o jejum de seis meses sem balançar as redes - última vez foi em 1º de fevereiro, exatamente na estreia com a camisa do Furacão, pela Copa Libertadores da América.

Pela primeira vez trabalhando com Grafite, o técnico Givanildo Oliveira exalta a bagagem e o profissionalismo do seu novo comandado, além de destacar o faro de gol. “A vinda dele não deixa de dar uma sacudida no torcedor, na imprensa... Agora, cabe a ele corresponder dentro de campo. Tenho certeza de que veio para ajudar. Nunca tinha trabalhado com ele, mas sei que é um cara de grupo e de caráter. Tem esse lado e o de artilheiro”, elogiou.

Entrosamento e parte física são dois obstáculos a serem superados pelo veterano, que, talvez, não aguente jogar os 90 minutos. Essa questão, no entanto, depende das circunstâncias do confronto, como os próprios atletas costumam afirmar nas entrevistas coletivas antes de uma estreia. O reencontro dele com a torcida está marcado para o dia 26 de agosto, diante do CRB/AL, no estádio do Arruda, pela 22ª rodada.

ESCALAÇÃO

Após o último treino no Recife, ontem, antes de enfrentar o Bugre, a delegação embarcou para Campinas, onde a equipe ainda realiza nesta sexta-feira (18) um treinamento, local a definir, para finalizar os preparativos. A escalação para o embate está praticamente certa. Ao todo, seis mudanças em relação ao time que atuou na rodada passada. Anderson Salles, Sandro, Nininho, Elicarlos, Léo Lima e Grafite ocupam as vagas de Jaime (dispensado), Bruno Silva, Alex Travassos (liberado), João Ananias, Halef Pitbull e Ricardo Bueno, respectivamente.

Sendo assim, a formação deve ser composta por Júlio César; Nininho, Anderson Salles, Sandro Silva e Yuri; Elicarlos, Derley e Léo Lima; André Luís, Grafite e Bruno Paulo. Além de mudar todos os setores, uma alteração no esquema tático: do 4-2-4 para 4-3-3, que foi utilizado na maioria das partidas.

Veja também

Sport visita o Flu e busca encerrar jejum fora de casa na Série A
Campeonato Brasileiro

Sport visita o Flu e busca encerrar jejum fora de casa na Série A

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico