Reformulação: Santa Cruz confirma saída de mais três atletas

Após o desligamento do lateral-esquerdo Paulo Henrique, o zagueiro Renato Silveira, o volante Ilaílson e o meia Daniel Sobralense deixaram o Santa Cruz

Volante Ilaílson, de 32 anosVolante Ilaílson, de 32 anos - Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

O vice-presidente de futebol do Santa Cruz, Felipe Rego Barros, confirmou a saída de mais três jogadores do elenco. Depois do lateral-esquerdo Paulo Henrique, o zagueiro Renato Silveira, o volante Ilaílson e o meia Daniel Sobralense rescindiram contrato de forma amigável com o clube e deixaram o Arruda após quase três meses de temporada. Em entrevista coletiva, o diretor explicou o motivo dos desligamentos.

“Fizemos nosso ciclo de avaliações e achamos importante nos posicionarmos para esclarecer a situação. Alguns jogadores que estavam integrados ao elenco não fazem mais parte para a Série C, como Paulo Henrique, Renato Silveira, Ilaílson e Daniel Sobralense. É bom deixar claro que esses atletas foram profissionais e dedicados no Santa. Ninguém saiu por falta de comprometimento ou indisciplina”, comentou.

Leia também: 

Santa rescinde com Paulo Henrique e lista de saídas cresce 

Santa não pensa em reformular elenco antes da Série C 

Após proposta, Vinícius rescinde contrato e deixa o Santa 

Dos 28 reforços contratados pelo Santa até o momento, oito deles já não fazem mais parte do grupo: Renato Silveira, Paulo Henrique, Rafinha, Jefferson Silva, Ilaílson, Daniel Sobralense, Robinho Mota e Vinícius. Outros atletas também deixaram o clube, como o lateral-esquerdo Weslley (cedido ao Campinense/PB), o meia Anderson (emprestado para a Desportiva Guarabira/PB) e os volantes João Ananias (transferência para o Cuiabá) e Lucas Gomes (emprestado ao Belo Jardim). Ao todo, 12 atletas saíram do Arruda.

“Já tínhamos programado a saída dos atletas para a primeira semana de abril. Como fomos eliminados prematuramente do Campeonato Pernambucano e encerramos a participação na fase de grupos da Copa do Nordeste, já tínhamos planejado os desligamentos. Não estamos fazendo isso de forma intuitiva ou com achismo. Não existe vassourada. A decisão foi tomada em conjunto com a comissão técnica e o departamento de análise de desempenho do clube. Entendemos que esses jogadores não se adaptaram ao sistema de jogo e de trabalho do técnico (Junior Rocha)”, pontuou o vice-presidente Felipe Rego Barros.

Veja também

Jorge Henrique se responsabiliza por lesão de lateral do Cruzeiro e posta pedido de desculpas
Náutico

Jorge Henrique se responsabiliza por lesão de lateral do Cruzeiro e posta pedido de desculpas

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19
Futebol

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19