Renato Gaúcho blinda elenco após vexame do Grêmio

"Não tenho vergonha de vir aqui dizer que estou envergonhado. Meu grupo está envergonhado", disparou Renato

Renato Gaúcho, técnico do GrêmioRenato Gaúcho, técnico do Grêmio - Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Renato Gaúcho agiu como escudo, nesta sexta-feira (25), no Grêmio. Dois dias depois da derrota vexatória para o Flamengo, na semifinal da Libertadores, o treinador pediu para dar entrevista com a missão de blindar o elenco. Diante dos jornalistas por quase 30 minutos, o treinador usou diversas frases de efeito e disse que o clube gaúcho precisa virar a página rápido.

Leia também:
Fala de Renato Gaúcho é repudiada por coletivo feminista, após derrota
Sensação de 2019, Flamengo retoma protagonismo
Flamengo goleia o Grêmio e volta à final da Libertadores após 38 anos


"Não tenho vergonha de vir aqui dizer que estou envergonhado. Meu grupo está envergonhado", disparou Renato sobre a goleada sofrida por 5x0 no Maracanã.
Em outro trecho da entrevista, o treinador fez referência ao boxe e disse que o Grêmio acabou nocauteado no Maracanã.

"O Grêmio é grande, muito grande. Fomos, digamos assim, nocauteados na quarta-feira e isso faz parte. Quantos o Grêmio já nocauteou? O Grêmio foi para as cordas, não foi para a lona. À lona vão os covardes", citou Portaluppi.

O técnico ainda revelou que o silêncio dos atletas vai seguir. Os jogadores falaram na zona mista, no Rio de Janeiro, e só devem se manifestar de novo no domingo, depois do jogo com o Botafogo.

"Estou aqui para proteger meu grupo, eles estão sentidos. Amanhã, inclusive, não tem coletiva com ninguém também. Mas o futebol dá nova oportunidade a cada três dias e vamos tentar virar a página no domingo", disse o treinador.

Na última pergunta, Renato Gaúcho foi questionado sobre a renovação para 2020 e afirmou que as conversas para prorrogação de vínculo foram adiadas.

"Sobre a minha renovação.. Não é o momento de falar. O objetivo agora é buscar as vitórias para o Grêmio entrar no G4. Uma conversa ou outra eu tenho tido com o presidente, mas o importante é o Grêmio vencer e o G4 do Brasileiro", disse.

Veja também

Messi marca na estreia do Barcelona no Campeonato Espanhol
Campeonato Espanhol

Messi marca na estreia do Barcelona no Campeonato Espanhol

Cristiano Ronaldo marca duas vezes no empate entre Juve e Roma pelo Italiano
Campeonato Italiano

Cristiano Ronaldo marca duas vezes no empate entre Juve e Roma pelo Italiano