Reunião pode definir futuro do futebol em São Paulo

Clubes que disputam o Paulistão voltam a se reunir por videoconferência nesta segunda, com a Federação Paulista

Federação Paulista de FutebolFederação Paulista de Futebol - Foto: Divulgação

Os clubes que disputam a Série A1 do Campeonato Paulista voltam a se reunir por videoconferência nesta segunda (4) com a FPF (Federação Paulista de Futebol) e médicos para discutir uma possível volta do futebol no estado. Na conversa, será debatido o protocolo de saúde e segurança elaborado pela entidade em parceria com profissionais de saúde.

O encontro pode definir os próximos passos para a retomada das atividades, que ainda não tem previsão em São Paulo, estado mais afetado pela pandemia do novo coronavírus.

Leia também:
Governo italiano autoriza volta aos treinos de futebol a partir de segunda
Ministério da Saúde faz ressalvas a guia da CBF para volta do futebol


O governador João Doria (PSDB) tem adotado medidas mais restritivas de isolamento social, que vigoram até o próximo dia 10 de maio e serão rediscutidas no dia 8. Aumentos nos números de mortos e infectados diários devem, entretanto, adiar a discussão sobre relaxamento ou reabertura, e existe a possibilidade de adoção de medidas ainda mais restritivas.

A execução de qualquer medida concreta em direção à volta dos treinamentos e aos próximos passos depende desse posicionamento. Enquanto vigora o isolamento, a FPF trabalha na elaboração de um protocolo de saúde e segurança em conjunto com uma comissão de médicos liderada por Moisés Cohen. Os médicos tem se reunido frequentemente com dirigentes de clubes para elaborar de protocolos de testes em atletas e discutir questões logísticas.

Os clubes, por sua vez, têm mantido treinamentos à distância, por vídeo, para os atletas e ainda não têm nenhum cronograma de volta às atividades presenciais. São Paulo, Corinthians, Santos e Palmeiras têm adotado o discurso de priorizar a saúde dos jogadores e evitado qualquer movimento de acelerar a volta. Nos bastidores, alguns deles fazem preparações logísticas, como compra de testes e planejamento de retorno de atletas que estão no exterior, mas a posição é a de aguardar uma liberação das autoridades estaduais.

Veja também

Medina avança à semifinal do surfe nas Olimpíadas
Jogos Olímpicos

Medina avança à semifinal do surfe nas Olimpíadas

Para reforçar laterais, Sport encaminha retornos de Ewerthon e Juba
Sport

Para reforçar laterais, Sport encaminha retornos de Ewerthon e Juba