Revelação do Palmeiras é elogiada e pode ganhar 1ª chance em clássico

Vinicius Silvestre deve herdar a vaga do goleiro Jailson, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Sport

Miguel Coelho e Fernando Bezerra receberam Armando Monteiro e integrantes da oposiçãoMiguel Coelho e Fernando Bezerra receberam Armando Monteiro e integrantes da oposição - Foto: Ivaldo Reges/Divulgação

Fundamental na até então vitoriosa campanha do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, o goleiro Jailson, que recebeu o terceiro cartão amarelo, desfalcará a equipe no decisivo clássico de domingo contra o Santos, válido pela 33ª rodada. A ausência do veterano de 35 anos pode significar a primeira oportunidade para o jovem Vinicius Silvestre, cria da "Escola de Goleiros" do clube.

Enquanto Jailson aproveitou a rara oportunidade de atuar, em virtude da cirurgia de cotovelo de Fernando Prass, que volta apenas em 2017, Vinicius impressiona a comissão técnica; a evolução do jogador de 22 anos foi alvo de elogios do técnico Cuca. O outro goleiro é Vagner, mas perdeu espaço após falhar contra a Chapecoense ainda pela 18ª rodada do Brasileiro.

"Hoje ficou no banco o Vinicius. Ele tem treinado bem", resumiu o treinador, que escalou Vinicius como reserva imediato de Jailson na vitória do último domingo sobre o Sport (2x1).

Vinicius Silvestre ganhou espaço, conforme análise do treinador, em virtude do desempenho em alto nível nos treinamentos. O jovem é um dos atletas mais cobrados pelo preparador Oscar Rodríguez, mas responde com defesas difíceis e segurança na função.

A evolução fez o garoto, inclusive, revezar com Vagner a presença no banco de reservas. Na vitória por 2x1 sobre o Sport, ocorrida no último domingo, o jovem de 22 anos foi relacionado.

Para premiar o crescimento, a oportunidade de jogar pela primeira vez entre os profissionais do Palmeiras pode aparecer na Vila Belmiro. Cuca, ciente da boa fase vivida por Vinicius no trabalho do dia a dia, prefere aguardar. "Escuto muito o preparador de goleiro, que trabalha com eles todos os dias enquanto eu trabalho com 40. Temos de ouvir o Oscar sobre quem está mais pronto para jogar", finalizou.

Veja também

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'
Santa Cruz

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'