Revés faz Santa Cruz sair do G4 e Roberto desabafa: “O negócio não está legal"

O lateral esquerdo deu a entender que a direção tem deixado a desejar fora de campo

Lateral esquerdo Roberto vinha sendo titular absoluto Lateral esquerdo Roberto vinha sendo titular absoluto  - Foto: Arthur Mota

A derrota no Arruda para o Londrina-PR por 3 a 1 custou a saída do Santa Cruz do G4. Após o segundo tropeço consecutivo no Campeonato Brasileiro da Série B, o lateral esquerdo Roberto deixou no ar uma insatisfação com situações internas do clube. Ele não especificou, mas ao que parece é questão salarial pelo que foi dito em tom de desabafo.

"O que começa errado, termina errado. Tem que dividir essa responsabilidade, porque o negócio não está legal", disparou o jogador na saída de campo. De acordo com informações apuradas pela reportagem da Folha de Pernambuco, o Santa está devendo o mês de abril, que venceu no dia 15 de maio, ao elenco e funcionários. Desde o caos financeiro no segundo semestre do ano passado, o clube não conseguiu respirar e os atrasos salariais voltaram a ser recorrentes.

A situação do Santa Cruz fica ainda mais difícil pela diminuição considerável de público em seus jogos como mandante e, consequentemente, rendas baixas. Isso significa prejuízos em algumas partidas, já que existe um custo fixo para abrir o estádio do Arruda.

SALÁRIOS
O presidente Alírio Moraes e a diretoria coral prometeram quitar os débitos do mês de abril na última sexta-feira (9), mas até agora nada de pagamento. Com isso, uma folha salarial ainda segue em aberto.

Veja também

Comitê Olímpico Francês cita condições "extremamente difíceis" para atletas que não se vacinarem
Olimpíadas

Comitê Olímpico Francês cita condições "extremamente difíceis" para atletas que não se vacinarem

Free Fire: veja a classificação da LBFF 4 após a primeira semana
Tecnologia e Games

Free Fire: veja a classificação da LBFF 4 após a primeira semana