Rio recebe etapa do Circuito Mundial de Surfe 2018

O Circuito Mundial de Surfe chega à quarta etapa dos tours feminino e masculino, com janela até o próximo dia 20

Surfista pernambucano Ian GouveiaSurfista pernambucano Ian Gouveia - Foto: WSL

A Praia de Itaúna, em Saquarema, no Rio de Janeiro, recebe a partir desta sexta-feira a quarta etapa dos tours feminino e masculino do Circuito Mundial de Surfe 2018, realizado pela Liga Mundial da modalidade (WSL). A primeira chamada para a avaliação do mar foi marcada para as 6h30, podendo já ter bateria na água às 7h, a depender das condições. A janela de competição do Oi Rio Pro e do Oi Rio Women’s Pro se estende até o próximo dia 20.

País com maior número de representantes na elite mundial do surfe nesta temporada, o Brasil terá ainda mais atletas nesta etapa. O fato de a disputa ser em casa favoreceu as entradas do paulista Deivid Silva e da local de Saquarema, Taís de Almeida, através da triagem para convidados, uma praxe que antecede todas as etapas do calendário.

Além disso, tem Alejo Muniz, Miguel Pupo e Wiggolly Dantas competindo nas vagas dos ausentes, o paulista Caio Ibelli, o australiano Joel Parkinson e o onze vezes campeão mundial Kelly Slater, que ainda não participou de nenhuma etapa do tour 2018. A princípio, o motivo da ausência de Slater era a lesão no pé direito, mas ele disputou o evento por equipes da WSL no Surf Ranch, piscina de ondas idealizada por ele, no final de semana, e, mesmo assim, não veio ao Brasil. Diretores da WSL alegam que a lesão ainda não está 100% e não sabem como ele aguentou surfar na Califórnia.

Leia também:
Onda de quase 24 metros bate o recorde do hemisfério sul

Assim, serão 17 brasileiros no mar de Saquarema, sendo 14 na disputa masculina e três na feminina. Destaque para a estreia de Tatiana Weston-Webb competindo no Circuito Mundial pela bandeira nacional. Ela, que nasceu no Rio Grande do Sul, mas desde criança mora no Havaí, sempre competiu como havaiana. Decidiu, porém, passar a representar o Brasil nos eventos internacionais já de olho em uma vaga nos Jogos de Tóquio-2020. O primeiro grande desafio dela depois dessa mudança será justamente na etapa carioca. No feminino tem ainda a cearense Silvana Lima e a carioca Taís de Almeida.

Entre os homens, fora Deivid e os três herdeiros das vagas, há o elenco fixo do Brasil no Circuito Mundial, composto pelos campeões mundiais Gabriel Medina (SP) e Adriano Souza (SP), além do potiguar Italo Ferreira, que vestirá a lycra amarela de atual líder da temporada, assim como o australiano Julian Wilson - empatados -, o pernambucano Ian Gouveia, os catarinenses Yago Dora, Tomas Hermes, William Cardoso e Michael Rodrigues, e os paulistas Filipe Toledo e Jesse Mendes.

Com a grande quantidade de brasileiros, é inevitável o duelo entre eles já no Round 1. Logo na primeira bateria, tem Filipinho e Ian, ao lado do japonês Kanoa Igarashi. Na disputa seguinte, estão Tomas e Miguel, com o sul-africano Jordy Smith. A quinta bateria, por sua vez, será 100% verde-amarela, com Medina, Jesse e Alejo. Somente a quarta e a décima bateria não terão atletas nacionais.

As meninas não se enfrentarão de imediato, mas têm verdadeiras pedreiras no Round 1. Taís, convidada, está na bateria de ninguém menos que a hexacampeã e atual líder do tour, Stephanie Gilmore, além da regular havaiana Malia Manuel. Já Silvana encara disputa contra a casca grossa havaiana Carissa Moore. Tati, quarta colocada no ranking mundial, é quem tem, teoricamente, estreia menos complicada, embora o surfe conquiste justamente pela sua imprevisibilidade.

Round 1

1: Filipe toledo (BRA) x Kanoa Igarashi (JAP) x Ian Gouveia (BRA)
2: Jordy Smith (RSA) x Tomas Hermes (BRA) x Miguel Pupo (BRA)
3: Owen Wright (AUS) x Wade Carmichael (AUS) x Wiggolly Dantas (BRA)
4: John John Florence (HAV) x Joan Duru (FRA) x Mikey Wright (AUS)
5: Gabriel Medina (BRA) x Jesse Mendes (BRA) x Alejo Muniz (BRA)
6: Julian Wilson (AUS) x Patrick Gudauskas (EUA) x Deivid Silva (BRA)
7: Italo Ferreira (BRA) x Connor O’Leary (AUS) x Keanu Asing (HAV)
8: Adriano de Souza (BRA) x Griffin Colapinto (EUA) x Michael February (RSA)
9: Michel Bourez (PFT) x Conner Coffin (EUA) x Yago Dora (BRA)
10: Adrian Buchan (AUS) x Sebastian Zietz (HAV) x Ezequiel Lau (HAV)
11: Matt Wilkinson (AUS) x Jeremy Flores (FRA) x William Cardoso (BRA)
12: Kolohe Andino (EUA) x Frederico Morais (POR) x Michael Rodrigues (BRA)

Round 1
1: Sally Fitzgibbons (AUS) x Nikki Van Dijk (AUS) x Coco Ho (HAV)
2: Tyler Wright (AUS) x Caroline Marks (EUA) x Bronte Macaulay (AUS)
3: Stephanie Gilmore (AUS) x Malia Manuel (HAV) x Taís de Almeida (BRA)
4: Lakey Peterson (EUA) x Sage Erickson (EUA) x Pauline Ado (FRA)
5: Carissa Moore (HAV) x Silvana Lima (BRA) x Paige Hareb (AUS)
6: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Johanne Defay (FRA) x Keely Andrew (AUS) 

Veja também

Com Louzer de olho, Sport visita Sete de Setembro, pelo Estadual
Campeonato Pernambucano

Com Louzer de olho, Sport visita Sete de Setembro, pelo Estadual

Com VAR, Clássico das Multidões será marcado por encontro entre opostos
Campeonato Pernambucano

Com VAR, Clássico das Multidões será marcado por encontro entre opostos