Roberto comemora resultado e reaproximação da torcida

Na vitória por 1x0 diante da Juazeirense, Roberto Fernandes fez sua estreia dentro de casa nesta Série C do Brasileiro

Roberto acompanha jogada de Vítor Roberto acompanha jogada de Vítor  - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Em sua estreia como comandante coral dentro de casa, o técnico Roberto Fernandes pôde comemorar os três pontos diante da Juazeirense, além da entrada, mesmo que provisória, do Santa Cruz no G4 da Série C. Apesar da vitória, o técnico coral foi expulso de campo no final da partida, e logo no início da entrevista coletiva não poupou críticas à arbitragem de Luiz César de Oliveira Magalhães. Após reclamar de uma inversão de lateral, o treinador acabou indo para o vestiário mais cedo.

Leia também:
Com drama no fim, Santa vence a Juazeirense e entra no G4; veja fotos


"Eu gostaria de perguntar, se quem estava certo era eu ou a arbitragem?. Parece que os árbitros no Brasil se sentem acima do bem e do mal. Eu estava com a razão, era lateral nosso, e não da Juazeirense. Qual foi a justificativa dos sete minutos (de acréscimos)?", desabafou o treinador, que aproveitou o ocorrido para demonstrar a reaproximação ao torcedor coral e a importância dos três pontos. "Parece que tudo isso teria que acontecer para trazer o torcedor para o nosso lado! É fundamental entrarmos no G4, mesmo que ainda tenha jogos para complementar a rodada. Um jogo após uma eliminação em casa (para o ABC na Copa do NE), e o torcedor ainda chama o time de guerreiro, é trazer a torcida de volta para o nosso lado. Um grande aliado para alcançarmos nosso objetivo."

Depois de um primeiro tempo onde o Tricolor foi totalmente superior ao adversário, a segunda etapa foi repleta de emoções no Arruda. Com um a menos, o Santa conseguiu se segurar e Roberto elogiou a postura da equipe.

"Dentro de uma Série C, a equipe precisa de uma entrega. E tivemos esta entrega hoje (sábado), junto com um pouco mais de jogo vertical. Saímos na frente, e depois da expulsão do Allan no segundo tempo perdemos força. Apesar de estarmos com um a menos, encaixamos dois contra-ataques, e podíamos ter matado o jogo com Robinho, no rebote de Fabinho Alves. Se fazíamos aquele gol, não teríamos toda dramaticidade. Mas isso é bom, para começarmos a reconciliação com nosso torcedor. Com o apoio dele, faz muita diferença", salientou o técnico.

Jogo com o Salgueiro

Para a partida contra o Salgueiro, Roberto não poderá contar com Allan Vieira, expulso neste sábado, e Charles, que levou o terceiro amarelo. Além deles, Vítor deixou o gramado sentindo dores, e Valdeir saiu ainda na primeira etapa com lesão na coxa. Mesmo com os desfalques, Roberto Fernandes tem como meta vencer o Carcará e virar o turno embalado.

"Problemas com vitória é mais fácil de se administrar. Vamos aguardar as avaliações na representação dos atletas, para começar a trabalhar a equipe para o jogo contra o Salgueiro. Considero que este jogo será uma virada de ciclo. Se vencermos e terminarmos o turno dentro do G4, podemos embalar na competição."

Veja também

Veja os melhores momentos da vitória do Lakers sobre o Bucks
NBA

Veja os melhores momentos da vitória do Lakers sobre o Bucks

Governo lança edital do Bolsa Atleta, mas torneios do fim de 2020 não valem
Esportes Olímpicos

Governo lança edital do Bolsa Atleta, mas torneios do fim de 2020 não valem