Roberto comemora semana sem jogos antes da final

Pela segunda vez no ano, clube terá folga na tabela e focará na recuperação dos atletas

Roberto é o novo técnico do Santa CruzRoberto é o novo técnico do Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens

Ficar mais de quatro dias sem entrar em campo foi raridade para o Náutico em 2018. Disputando três competições de forma simultânea (Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Pernambucano), o Timbu teve pouco tempo para treinar a equipe antes de cada compromisso. Foi assim, por exemplo, antes da partida de ida da final do Estadual, no último domingo (1º), contra o Central, no Lacerdão – antes, os alvirrubros jogaram na quinta anterior contra o Altos/PI, pelo Regional. Com uma folga de uma semana na tabela para o duelo da volta, no domingo (8), na Arena de Pernambuco, o técnico Roberto Fernandes esperar ajustar o time e recuperar os atletas.

“Vai ser importante ter, pela segunda vez no ano, uma semana para recuperar e acertar detalhes. Tivemos 25 partidas e apenas uma semana livre. Será bom para recuperar tecnicamente atletas como Wallace Pernambucano e outros que estavam no DM por muito tempo, como Fernandinho. Tenho certeza que chegaremos um pouco mais fortes no segundo jogo em comparação com o primeiro”, disse o técnico.

A primeira folga que o Náutico ganhou na tabela foi entre os dias 28 de fevereiro (jogo contra o Cuiabá, pela Copa do Brasil) e 7 de março (diante do Belo Jardim, pelo Pernambucano).

Leia também:
Náutico tenta quebrar recorde de público na Arena
Mauro alfineta estratégia de Roberto e vê final em aberto
Roberto Fernandes rechaça favoritismo do Náutico

Com o empate em 0x0 no primeiro jogo, o Náutico precisa apenas de uma vitória simples para levantar a taça. Um novo resultado de igualdade levará a decisão para as penalidades.

Veja também

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão
Brasileirão

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana