Roberto é cauteloso sobre sequência de jogos de William

Treinador não acredita que será possível utilizar atleta em todas as 10 rodadas finais da Série B

William, atacante do NáuticoWilliam, atacante do Náutico - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Vinícius, Rafael Oliveira e depois Gilmar. Em menos de duas semanas, o técnico Roberto Fernandes perdeu praticamente todas suas opções de centroavante para a reta final da Série B 2017 - Gilmar não era fixo na frente, mas fazia a função de "falso 9". Restou apenas William. Está depositada nele a esperança de gols do Náutico. Mas o treinador é cauteloso ao falar das possibilidades de ter o jogador em todos os últimos jogos da competição.

"William é um baita profissional, com uma experiência que pode nos ajudar dentro e fora de campo. Mas tudo na vida tem um preço. Ele não fez pré-temporada e foi contratado num período de inatividade, sem falar na idade dele (34 anos). Se William jogar os próximos três jogos, ele vai lesionar por não ter preparação para ter essa capacidade. Se ele estivesse em boas condições, a 9 e a faixa (capitão) seriam dele. Espero que ele dê o máximo que pode nos 10 jogos, mas talvez o máximo não seja atuar em todas as partidas. Se ele sofrer uma nova lesão, perdemos um centroavante e teremos que ficar os últimos nove jogos só com atacantes de beirada", alertou o treinador.

Leia também:
Roberto explica situação de Bruno Mota no Náutico
Roberto vê Guarani mais motivado após vinda de Lisca

Para o jogo deste sábado (14), contra o Guarani, no Lacerdão, o jogador deve ser o titular. Além dele, o Timbu tem outros quatro atacantes à disposição do técnico, mas todos são atletas "de lado": Dico, Gerônimo, Leílson e Iago. Além do quarteto, o meia-atacante Rafinha também pode fazer a função ofensiva.

Veja também

Brasil será sede de competições pan-americanas de ginástica
Esportes Olímpicos

Brasil será sede de competições pan-americanas de ginástica

Skatistas brasileiros iniciam temporada visando aos Jogos de Tóquio
Jogos Olímpicos

Skatistas brasileiros iniciam temporada visando aos Jogos de Tóquio