Roberto exige Náutico competitivo contra o Belo Jardim

Já classificado para as finais do Pernambucano, Timbu precisa da vitória para confirmar a liderança na primeira fase

Técnico do Náutico, Roberto FernandesTécnico do Náutico, Roberto Fernandes - Foto: Paullo Almeida/Folha de Pernambuco

Primeiro colocado no Campeonato Pernambucano, com 18 pontos, e já classificado para as quartas de final da competição. A situação do Náutico no torneio dificilmente poderia ser melhor. Entretanto, nada de relaxar. Para o técnico Roberto Fernandes, o Timbu precisa entrar com o máximo de atenção para o jogo desta quarta-feira (7), contra o Belo Jardim, na cidade homônima. Afinal, uma vitória confirma a liderança da primeira fase aos alvirrubros e proporciona a vantagem de jogar em casa nas finais.

Leia também:
Terminar como líder da 1ª fase é a motivação do Náutico
Náutico tenta diminuir maratona de jogos em março
Roberto avalia primeira parceria de Wallace e Ortigoza

"É um jogo para se pensar em fazer algumas últimas avaliações dentro do Estadual. A gente pode usar a mescla, mas eu posso também querer trabalhar algumas coisas, já visando ao jogo contra o Bahia (pela Copa do Nordeste). O importante é que eu acho que gente trabalhou bem e o que eu posso dizer para o torcedor é que a equipe, diante do Belo Jardim, vai respeitando o adversário, sabendo o momento. Mas o Náutico vai lá para tentar terminar a primeira fase na liderança", assegurou.

"Eu tenho conversado bastante com o nosso elenco de que existe uma diferença de quem corre pela sobrevivência e de quem corre por correr. Se o Náutico não for a Belo Jardim com o objetivo definido, de tentar terminar na liderança do campeonato, eu não tenho dúvida de que o Belo Jardim vai ser um time mais dedicado em campo e pode surpreender. Caso o Náutico não vença amanhã, podemos terminar em segundo, terceiro, mas vamos estar classificados. E se o Belo Jardim perder, a probabilidade é grande de ser rebaixado. Para o Belo Jardim é tudo ou nada e temos que ter esse espírito", destacou.

Segundo Roberto Fernandes, será inevitável fazer clássicos no caminho rumo ao título. Portanto, não faz sentido torcer para não encarar um rival local logo nas quartas de final do Pernambucano. "Vai começar um outro campeonato, com todo mundo zerado, inclusive cartões. Passa a ser um mata-mata, outra competição dentro de um mesmo campeonato. E tudo que se fez até agora, na questão prática, não te dá vantagem nenhuma em quartas de final, semifinal e final. Se vai ser (clássico) nas quartas, na semifinal, não dá para ficar sofrendo por antecipação. Vamos fazer a nossa parte. Tenho certeza que Santa Cruz e Sport estão fazendo o melhor deles também", observou.

Veja também

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida
Brasileiro sub-20

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida

São Bento tem surto de Covid e terá de escalar goleiro na linha pela Série C
Futebol

São Bento tem surto de Covid e terá de escalar goleiro na linha pela Série C