Roberto Fernandes celebra vitória, mas reclama de erros

Comandante do Náutico não poupou críticas ao nervosismo do time contra o Fluminense/BA

Técnico do Náutico, Roberto FernandesTécnico do Náutico, Roberto Fernandes - Foto: Paullo Almeida/Folha de Pernambuco

O primeiro grande objetivo do Náutico no ano foi alcançado. Com a vitória sobre o Fluminense/BA, na noite desta quarta-feira (14), o Timbu garantiu R$ 1,4 milhão em premiação. Dinheiro essencial para a diretoria viabilizar a temporada. Apesar do importante triunfo, o técnico Roberto Fernandes não deixou de apontar os inúmeros erros cometidos pela equipe, embora tenha celebrado efusivamente o resultado.

Leia também:
Náutico bate o Fluminense/BA na Copa BR e ganha uma bolada

"Nosso time roubava a bola e devolvia para o Fluminense. Ou dava chutões. Erramos demais. Mas futebol é resultado e contra o Botafogo/PB (na Copa do Nordeste) a gente não merecia perder. Futebol é assim mesmo. Nós hoje fomos mais na base da transpiração que da inspiração", apontou o treinador alvirrubro.

"Disse na preleção que a Copa do Brasil é a competição que dá a maior projeção. Não falava só do dinheiro. A premiação é importante, ainda mais em um ano de reconstrução como esse, mas essa classificação foi muito importante para a gente. Precisamos melhorar algumas coisas e vamos ter calma para trabalhar", completou.

Veja também

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal
NFL

Cairo Santos renasce na NFL após dispensas e até quebra recorde pessoal

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque
Futebol

Mesmo longe de técnico, Palmeiras negocia por reforços para defesa e ataque