Robinho vive fase artilheira no Santa Cruz e celebra momento

Único titular em todos os jogos do Santa na temporada, Robinho marcou seis gols em 25 partidas e é o artilheiro do time

Santa Cruz x Botafogo/PBSanta Cruz x Botafogo/PB - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Titular absoluto, o atacante Robinho é o artilheiro do Santa Cruz na temporada 2018, com seis gols marcados. Além da fase artilheira, é o jogador do elenco que mais atuou no ano: participou das 25 partidas disputadas pelo cube, sendo titular em todas elas. Apesar de viver um bom momento, o atleta ainda é contestado pela torcida, mas é uma das peças mais regulares do time. Na entrevista coletiva, ele comemorou o desempenho particular e revelou que nunca assumiu a artilharia na carreira.
"Nunca havia feito tantos gols como atualmente, mas agora estou conseguindo marcar. O mais importante é o Santa estar vencendo, mas fico feliz de ser o artilheiro da equipe na temporada. Estou trabalhando bem no dia a dia e por isso os meus gols estão saindo. Isso me deixa contente. Sempre procuro ajudar tanto taticamente como tecnicamente. Meu momento é bom e essa minha fase é importante", declarou.
Autor de um gols do Santa na derrota de virada para o Botafogo/PB por 3x2, em casa, no último sábado, pela sexta rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, Robinho comentou sobre a decisão contra o ABC, nesta terça-feira (22), pelo jogo da volta do mata-mata válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste.
"Ficamos triste pelo revés no Arruda, mas a gente procura esquecer. Claro que o tropeço foi doloroso. Agora temos que jogar com paciência e tranquilidade. O ABC/RN deve jogar fechado e precisamos fazer gols para conseguir a classificação", ressaltou o atacante tricolor.

Veja também

No Paraná, jogadores são afastados após suspeita de fraude em teste de Covid
Futebol

No Paraná, jogadores são afastados após suspeita de fraude em teste de Covid

Presidente da UEFA diz que semifinais da Liga dos Campeões não estão ameaçadas
Futebol Internacional

Presidente da UEFA diz que semifinais da Liga dos Campeões não estão ameaçadas