Rodolpho aponta refletor como culpado por falha no gol do Luverdense

Goleiro cometeu o pênalti e errou na saída de bola do segundo tento do adversário

Deputados fizeram a entrega do documento ao secretário da Casa Civil, Antonio FigueiraDeputados fizeram a entrega do documento ao secretário da Casa Civil, Antonio Figueira - Foto: Divulgação

O goleiro Rodolpho foi um dos principais nomes na partida contra o Luverdense. Tanto positivamente quanto negativamente. No primeiro tempo, salvou o Náutico com pelo menos três defesas. Na etapa complementar, no entanto, cometeu o pênalti em Alfredo e falhou na saída de bola que resultou no gol do próprio atacante. Numa bola cruzada na área, o camisa 12 socou a bola para trás e o atleta adversário cabeceou para trás. O alvirrubro apesar de reconhecer o erro, lembrou que o refletor do estádio o atrapalhou.

“Eu não gosto de dar desculpas, estava inteiro na bola, mas fui traído pelo refletor. Tanto é que tinha saído em outras bolas, porém, essa não deu. Não é desculpa, mas é um fator que atrapalhou e influenciou no resultado. O importante agora é a equipe não deixar de lutar”, ressaltou o goleiro alvirrubro.

Um dos líderes do elenco, Rodolpho manteve a serenidade na conversa com os outros jogadores após a partida. Tentou evitar o abatimento de todos e já mira no confronto da próxima rodada contra o Atlético/GO. Ainda faltam seis jogos para o Timbu até o final da competição.

“Não foi o resultado que queríamos, mas tem de ter equilíbrio para buscar a vitória na próxima rodada. Sabíamos da força deles em casa. Falta de empenho não teve, contudo, fomos envolvidos muitas vezes. Não viemos para cá buscar esse resultado. Temos de continuar o trabalho, vínhamos de oito bons resultados. O time é maduro e tem uma semana de preparação. Que o torcedor não esfrie”, pontuou.

Veja também

Com um pé na segunda fase, Santa Cruz visita o abalado Imperatriz/MA
Série C

Com um pé na segunda fase, Santa Cruz visita o abalado Imperatriz/MA

Náutico encara CSA mirando reação na Série B
Futebol

Náutico encara CSA mirando reação na Série B