Roger Federer volta a ser o número 1 do tênis mundial

Ao derrotar o australiano Nick Kyrgios, neste sábado (16), em Stuttgart, Federer garantiu a liderança no ranking

Roger Federer venceu na estreia de Cincinatti Roger Federer venceu na estreia de Cincinatti  - Foto: AFP / FABRICE COFFRINI

Roger Federer voltou ao topo do ranking da ATP neste sábado (16). O suíço recuperou o posto, superando Rafael Nadal, depois de derrotar o australiano Nick Kyrgios na semifinal do ATP 250 de Stuttgart, de virada, com parciais de 6/7, 6/2 e 7/6. O número 1 agora enfrentará o canadense Milos Raonic na decisão deste domingo (17).

Federer voltou ao topo do ranking em fevereiro deste ano, depois de pouco mais de cinco anos e três meses, aos 36 anos. Na ocasião, ele se tornou o jogador mais velho a ocupar tal posição - o recorde era de Andre Agassi, que foi o líder em 2003, aos 33 anos. Federer também é recordista no número de semanas no topo: 309.

O suíço perdeu a posição no começo de abril, após uma derrota na estreia do Masters 1.000 de Miami. Em maio, Federer recuperou a posição com um revés de Nadal nas quartas de final do Masters 1.000 de Madrid. Uma semana depois, porém, o espanhol voltou à liderança ao conquistar o título do Masters 1.000 de Roma.

Veja também

Acompanhe todos os lances de Náutico x Vila Nova/GO, pela quarta rodada da Série B do Brasileiro
Série B

Acompanhe todos os lances de Náutico x Vila Nova/GO, pela quarta rodada da Série B do Brasileiro

Sobe para 53 o número de casos de Covid na Copa América
Coronavirus

Sobe para 53 o número de casos de Covid na Copa América