Rooney considera retorno ao Everton, afirma jornal inglês

Astro do United considera retorno ao clube de sua formação ao final da temporada

Wayne Rooney, maior artilheiro da história do Manchester UnitedWayne Rooney, maior artilheiro da história do Manchester United - Foto: LINDSEY PARNABY / AFP

Aos 31 anos, Wayne Rooney pode estar prestes a terminar sua carreira de 13 anos defendendo o Manchester United. Em face da possível renovação de Ibrahimovic, que pode ter seu vínculo estendido em mais dois anos, e do interesse de longa data dos Red Devils em Antoine Griezmann, o atacante inglês tem chances de retornar ao clube de sua formação.

Segundo o Sky Sports, o Everton entrou em contato com o técnico José Mourinho na janela de transferências de Janeiro para ter o capitão inglês por empréstimo até o final da temporada. A possibilidade foi logo abafada pelo clube de Manchester, que disse pretender contar com o atleta. Rooney recebe cerca de 300 mil libras semanais e ainda tem 16 meses de contrato.

Atualmente no comando técnico dos Toffes, Ronald Koeman afirmou, também em entrevista ao Sky Sports, o desejo de contar com camisa 10 do United. “Não sei o que vai acontecer no final da temporada. Na minha opinião, Wayne (Rooney) é um dos nomes que pode fazer o Everton ainda mais forte. É alguém que pode jogar em alto nível por mais duas ou três temporadas”.

O único empecilho para o possível retorno de Rooney ao clube que lhe formou é o rumor da saída de Koeman para o Barcelona. O treinador do Everton é um dos cotados para assumir o lugar de Luis Enrique para a temporada 2017/18.

EMPRESÁRIO NA CHINA


Paul Stretford, agente do inglês, retornou de uma viagem à China na semana passada. De acordo com a imprensa da Inglaterra, o agente estaria negociando com quatro clubes da Chinese Super League, interessados em ter astro.

De qualquer maneira, a declaração de Rooney em Agosto do ano passado, afirmando que o Manchester United e o Everton seriam os únicos dois times no qual ele disputaria a Premier League, reascende as especulações na Terra da Rainha.

Veja também

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio
Futebol

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada
Tóquio 2021

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada