Ryan Lochte diz que tentará vaga em Tóquio

Ao ser perguntado pelo apresentador do programa Hollywood Today, dos Estados Unidos, Lochte foi direto.

Audiência pública que debate o Pacto pela Vida na Assembleia LegislativaAudiência pública que debate o Pacto pela Vida na Assembleia Legislativa - Foto: Thaynna Mendes/Folha de Pernambuco

SÃO PAULO (Folhapress) - Depois de tentar convencer (em vão) Michael Phelps de desistir da aposentaria, Ryan Lochte, que é um ano mais velho, planeja dar continuidade à carreira nas piscinas. Pivô de uma das maiores polêmicas durante os Jogos Rio-2016, o nadador norte-americano confirmou que fará mais um ciclo olímpico para tentar estar presente na Olimpíada de Tóquio, que será realizada em 2020.
Ao ser perguntado pelo apresentador do programa Hollywood Today, dos Estados Unidos, Lochte foi direto.
“Neste momento, estou em uma pausa mental, já que tenho feito isso (nadar) por muito tempo. Vou sair de férias com minha noiva e, depois, começo a preparação”, disse. Em agosto, durante os Jogos Olímpicos, Lochte e outros três nadadores dos EUA disseram ter sido vítimas de um assalto à mão armada no Rio. Imagens de uma câmera de segurança, porém, atestaram que o quarteto se envolveu em uma briga com seguranças armados em um posto de combustíveis.

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'