Futebol

Sabino foca em recuperação na reta final do primeiro turno para Sport voltar ao G4

Leão é o atual sétimo colocado da competição, com 22 pontos, e encara o Londrina, sábado (9), na Ilha do Retiro

Sabino, zagueiro do SportSabino, zagueiro do Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Na 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Sport ocupava a terceira posição, com 18 pontos. Quatro acima do Londrina, então quinto e primeiro fora do G4. Seis rodadas depois, o Leão só somou apenas quatro dos 18 pontos possíveis. Os paranaenses ganharam mais oito, igualando os rubro-negros na pontuação, mas passando pelo critério de vitórias. A metade final do turno não trouxe benefícios aos pernambucanos, agora em sétimo lugar. Por isso, o foco é se recuperar nas rodadas que restam da fase inicial e retomar o posto no grupo dos quatro melhores.

“A gente não vem em uma sequência boa, então estamos encarando esse momento com responsabilidade. O primeiro turno está acabando e precisamos pontuar o máximo possível. O Londrina vem de vitória, mas jogar na Ilha é difícil. Convoco a torcida para nos apoiar e incentivar”, afirmou o zagueiro Sabino. Os paranaenses são os próximos adversários do Sport, sábado (9), no Recife.



Para se recuperar na tabela, o Sport pode se apegar ao retrospecto positivo diante do Londrina. O clube nunca perdeu para o adversário. Nos cinco jogos disputados, todos pela Série B, são dois empates (0x0 e 1x1 nas edições de 2002 e 2003) e três vitórias (2x0 em 2004, 3x2 e 2x1 em 2019).

O Sport é o atual sétimo colocado da Série B 2022, com 22 pontos. O máximo que o Leão pode alcançar, nesta rodada, é a quinta posição, já que o quarto lugar é o Grêmio, com 26 pontos. O Londrina é o sexto, com 22.

Veja também

Flamengo volta a vencer Corinthians e garante vaga na semifinal da Libertadores
Libertadores

Flamengo volta a vencer Corinthians e garante vaga na semifinal da Libertadores

Claudinei lamenta "resultado inimaginável", e diz que Sport mostrou evolução contra Ituano
Sport

Claudinei lamenta "resultado inimaginável", e diz que Sport mostrou evolução contra Ituano