Futebol Internacional

Salah confirma que continua no Liverpool pelo menos até junho de 2023

Também no Liverpool, Mané não quer discutir seu futuro antes da final da Champions

Salah, atacante do LiverpoolSalah, atacante do Liverpool - Foto: JUSTIN TALLIS / AFP

O atacante egípcio Mohamed Salah confirmou nesta quarta-feira que cumprirá seu contrato com o Liverpool, que vai até junho de 2023, sem dar informações sobre se pretende continuar no clube depois disso ou não.

"Não quero falar do contrato. Fico na temporada que vem, isso é certo. Veremos depois", disse Salah em entrevista coletiva prévia à final da Liga dos Campeões da Europa, na qual os 'Reds' enfrentam no sábado o Real Madrid.

As negociações para a renovação com o jogador, que chegou ao clube inglês em 2017, vêm se arrastando e até o momento as partes não chegaram a um acordo.

Salah, de 29 anos, foi artilheiro do Campeonato Inglês pela terceira vez nesta temporada, empatado com o sul-coreano Song Heung-Min, do Tottenham.

O egípcio declarou que no momento está focado na final da Champions, na qual busca seu segundo título europeu com o Liverpool.

"Não quero ser egoísta, é uma semana muito importante para o time. Quero ver 'Hendo' (Jordan Henderson, capitão do time) ter de novo um troféu em suas mãos", afirmou.

Dúvidas sobre futuro de Mané

Companheiro de Salah no ataque do Liverpool, o senegalês Sadio Mané tampouco não quis falar sobre compromisso a longo prazo com o clube inglês.

O contrato de Mané também termina em 2023 e seu nome vem sendo especulado no Bayern de Munique.

"Responderei a esta pergunta (sobre o futuro) depois da Liga dos Campeões", disse o senegalês ao canal Sky Sports. "Se fico ou não, responderei depois da Champions", enfatizou.

O técnico do Liverpool, Jurgen Klopp, preferiu não comentar sobre o futuro de Salah e Mané antes da final de sábado.

"Estamos em negociações com todos os jogadores, mas simplesmente não é o momento para falar sobre isso", disse Klopp.

A conquista da Champions representaria para o Liverpool uma vingança da final de 2018, na qual foi derrotado pelo Real Madrid. Além disso, o título ajudaria a esquecer a perda do Campeonato Inglês no fim de semana para o Manchester City na última rodada.

Veja também

Carlão avalia crescente do Náutico após esquema com três zagueiros
Futebol

Carlão avalia crescente do Náutico após esquema com três zagueiros

Entidades entram com ação contra Nelson Piquet por falas racistas e homofóbicas sobre Hamilton
RACISMO

Entidades entram com ação contra Piquet por racismo e homofobia