Salário alto dificulta plano do Palmeiras em negociar volante Arouca

Volante despertou interesse do Sport e estaria envolvido em uma possível troca com Samuel Xavier

Lei é de autoria do vereador do Recife Samuel Salazar (sem partido)Lei é de autoria do vereador do Recife Samuel Salazar (sem partido) - Foto: Divulgação

Diagnóstico traçado por Cuca e Alexandre Mattos em 2016, o possível rejuvenescimento do elenco do Palmeiras para o próximo ano está entre as diretrizes do clube no mercado. Nesse sentido, uma das prioridades é encontrar um novo clube para o volante Arouca. Mas um detalhe fundamental tem atrapalhado as negociações que foram abertas até o momento.

Arouca tem salário acima de R$ 300 mil e ainda contrato válido por duas temporadas com o Palmeiras. A saída também é dificultada pelas últimas duas temporadas ruins, ambas no Palestra Itália. Em 2015, participou de 40 jogos no ano. Já em 2016, atuou somente 18 vezes. Na campanha de conquista do Brasileirão, esteve em campo por somente dois jogos.

Um dos clubes a analisar a contratação de Arouca foi o Bahia. Gerente de futebol do clube e ex-dirigente do Santos, porém, Nei Pandolfo fez um alerta a seus pares: o salário do volante era maior que de todos os membros do atual elenco baiano. Assim, o clube baiano voltou seu foco para jogadores mais jovens e baratos da mesma posição: Matheus Sales e Rodrigo, ambos também sem espaço no Palmeiras.

Um possível destino para Arouca pode ser o Sport, que conversa pela venda do lateral direito Samuel Xavier ao Palmeiras. Jogadores palmeirenses seriam emprestados em troca, caso justamente do volante. De acordo com a ESPN, o meia Diego Souza telefonou para o ex-colega de Fluminense para reforçar o pedido para que aceitasse a oferta de atuar na Ilha do Retiro.

Na lista de quem pode ser emprestado pelo Palmeiras ainda estão o meia Allione, o lateral Lucas, o zagueiro Leandro Almeida e os atacantes Lucas Barrios e Rafael Marques, entre outros.

Veja também

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio
Futebol

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada
Tóquio 2021

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada