Samira e Hannah convocadas para Torneio Quatro Nações

O grupo da Seleção Feminina de Handebol do Brasil disputará um campeonato junto com Cuba, Eslováquia e Uruguai

O Paço Municipal foi ocupado pela manhã, em GoianaO Paço Municipal foi ocupado pela manhã, em Goiana - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

 

De favorita ao pódio nos Jogos Rio-2016 a uma eliminação precoce e doída. Esse foi o resumo da participação da seleção feminina de handebol na Olimpíada. Mas, águas passadas, é o momento de virar a página e pensar no futuro. E foi, justamente, pensando adiante que o técnico Morten Soubak fez a primeira convocação do grupo após o evento, visando à disputa de mais uma edição do Torneio Quatro Nações, que acontece a partir de 24 de novembro, no Pará.
O elenco, com muitas meninas jovens, conta com 16 jogadoras. Entre elas, as pernambucanas Samira Rocha, ponta-esquerda, e Deborah Hannah, central que retorna ao grupo após lesões seguidas no joelho esquerdo. Não estão na lista a ponta Alexandra Nascimento e a goleira Mayssa Pessoa, que analisam a continuidade na seleção, além de Deonise, Fernanda e Mayara. Dani Piedade e Dara, por sua vez, se aposentaram.

O grupo disputará o Quatro Nações junto com Cuba, Eslováquia e Uruguai. Em 2017, o Brasil já terá alguns compromissos oficiais importantes como o Pan-Americano da modalidade, em junho, no Canadá, e o Mundial, em dezembro, na Alemanha.

“Obviamente que nosso trabalho agora não será um começo total, mas sim um recomeço. Temos que renovar em vários aspectos, pensar no estilo que estávamos jogando e nos aprofundarmos nas novas regras que foram implantadas para os Jogos do Rio e que devem permanecer”, pontuou o treinador.

 

Veja também

Cristiano Ronaldo volta a dar positivo para o coronavírus
Coronavírus

Cristiano Ronaldo volta a dar positivo para o coronavírus

Política, excusa e futebol: presidente do Santa confirma eleições do clube para dezembro
Santa Cruz

Política, excusa e futebol: presidente do Santa confirma eleições do clube para dezembro