Sport

Sander ressalta marca de 200 jogos pelo Sport: "Que não acabe por aqui"

Lateral-esquerdo também convocou torcida para a partida diante da Ponte Preta, na terça-feira (31)

Sander em ação contra o CRB, seu jogo de número 200 pelo SportSander em ação contra o CRB, seu jogo de número 200 pelo Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

A derrota para o então vice-lanterna CRB, na Arena de Pernambuco, não estava nos planos do elenco do Sport. Em especial, de Sander. A partida perante os alagoanos foi a de número 200 do lateral-esquerdo com o manto rubro-negro. Marca atingida logo após o experiente jogador se recuperar de uma fratura no nariz e voltar ao time na última terça-feira (24). 

No clube pernambucano desde 2017, o lateral de 31 anos ressaltou a marca atingida. No entanto, deixou claro querer atingir números ainda mais expressivos pelo Leão. "É uma marca importante para mim. Desde o primeiro jogo até chegar no de número 200 eu tenho lembranças inéditas na cabeça de alguns acontecimentos comigo. Essa marca demorou, já era pra ter ocorrido, mas depois de tudo que aconteceu, alguns tropeços, lesões... Enfim, é uma marca de uma trajetória de jogos diferentes, dentro do estado de Pernambuco e do Sport", começou. 

"É algo diferente até pelo fato da torcida ser diferente, de uma maneira apaixonada, carinhosa, de nos levar a passar por certos obstáculos. Eu e minha família temos uma gratidão enorme pelo Sport. Meus filhos são rubro-negros, têm tudo do clube, e quando tem esses tropeços minha família sofre. Tudo isso é uma forma de amor, carinho pelas cores do Sport. Não quero parar por aí. Sei que isso depende de Deus, somos gratos pelas nossas vidas, mas espero que não acabe por aqui", completou Sander.

Reforçando a importância do torcedor, o lateral fez questão de convocar os rubro-negros para apoiar o time na próxima terça-feira (31), na Ilha do Retiro. Na ocasião, o Sport receberá a Ponte Preta, pela 10ª rodada. O clube necessita dos três pontos para seguir lutando na parte superior da tabela. 

"Nosso grupo necessita do torcedor. Como falei antes, nossa torcida é o diferencial e já demonstrou para os atletas que chegaram recentemente e não tinham vivenciado isso antes. Sabemos a importância para nós. São o 12º jogador, empurram, incentivam, buscam nosso melhor dentro de campo. Isso faz com que a gente conquiste a vitória", enfatizou. 

Visando a necessidade do resultado positivo, o Sport iniciou, nesta quinta-feira (26), a venda de ingressos para o jogo contra a Macaca. No intuito de ter casa cheia, o clube anunciou a campanha #IngressosSolidários, com entradas a partir de R$ 10 e 1kg de alimento. 

Veja também

Câmara aprova texto-base de projeto que afeta atletas, clubes e torcedores
Lei Geral do Esporte

Câmara aprova texto-base de projeto que afeta atletas, clubes e torcedores

Sport divulga parcial com mais de 12 mil ingressos vendidos para jogo contra o Londrina na Ilha
Sport

Sport divulga parcial com mais de 12 mil ingressos vendidos para jogo contra o Londrina na Ilha