Santa arranca empate em amistoso com o Treze na Paraíba

No primeiro e último amistoso antes da estreia oficial na temporada 2019, o Santa saiu atrás no placar e reagiu rapidamente ainda no começo da etapa inicial.

Jogadores do Santa Cruz reunidos no estádio Amigão, em Campina GrandeJogadores do Santa Cruz reunidos no estádio Amigão, em Campina Grande - Foto: Santa Cruz/divulgação

Sem ritmo de jogo e entrosamento, o Santa Cruz saiu atrás no placar, mas mostrou poder de reação e arrancou o empate em 1x1 contra o Treze/PB, no amistoso disputado no estádio Amigão, em Campina Grande/PB, na noite desta terça-feira (8). Em preparação para a estreia oficial na temporada 2019, no dia 15 de janeiro, diante do Botafogo/PB, na Paraíba, pela rodada de abertura da fase de grupos da Copa do Nordeste, os tricolores encerraram os testes de forma invicta, vencendo anteriormente dois jogos-treino: 4x0 sobre a AGAP/PE, em Aldeia, e 1x0 sobre o Serrano/PB, no CT Ninho das Cobras respectivamente.

Leia também:

'O ideal vai levar tempo', avisa Leston após amistoso do Santa 

Elenco destaca organização do Santa Cruz no último ensaio 

 Esperava-se um amistoso em ritmo lento, mas o início do duelo entre pernambucanos e paraibanos foi eletrizante. Logo aos 8 minutos, os alvinegros abriram o placar com o meia Juninho, que, aproveitou o cruzamento na medida do lateral-esquerdo Patric Calmon e a falha de marcação do lateral-esquerdo Bruno Ré, cabeceou a bola para o fundo das redes do goleiro Ricardo Ernesto. Os tricolores não sentiram o gol e reagiram de imediato, quatro minutos depois. Após jogada do lateral-direito Marcos Martins, o atacante Pipico finalizou e o goleiro Mauro Iguatú defendeu, mas, no rebote, o atacante Augusto deixou tudo igual.

Levemente superior ao Treze/PB, o Santa teve uma atuação regular no primeiro tempo, com boas investidas, marcação pressão na saída de bola do adversário e organização tática. Já os donos de casa foram discretos na etapa inicial, que terminou 1x1.

A Cobra Coral voltou do intervalo com uma alteração: Jô, recém-chegado, assumiu o lugar de Augusto, remanescente e autor do primeiro gol tricolor no amistoso. A etapa complementar foi mais pegada e marcada por muitas faltas, além de raras chances de gol. Além disso, várias paralisações para mudanças ilimitadas. O técnico Leston Júnior, por exemplo, realizou sete trocas no decorrer do segundo tempo: Vitao, Bruno Ré, Marcos Martins, Eduardo, Hericles, Elias e Pipico saíram e entraram João Victor, Raphael Soares, Augusto Potiguar, Lucas Gonçalves, Luiz Felipe, Cesinha e Neto Costa, respectivamente. Apenas o goleiro Ricardo Ernesto, o volante Diego Lorenzi e zagueiro Danny Morais atuaram os 90 minutos. Ao todo, foram 18 substituições. O amistoso terminou com o placar de 1x1.

Escalação

Em relação ao jogo-treino contra o Serrano/PB, o técnico Leston Júnior promoveu três mudanças na escalação: lateral-direito Marcos Martins, meia Hericles e volante Eduardo entram nas vagas de Augusto Potiguar, Allan Dias e Charles, respectivamente. As duas primeiras mudanças foram por convicção do treinador. O Tricolor entrou em campo com Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Vitão, Danny Morais e Bruno Ré; Eduardo, Diego Lorenzi e Hericles; Augusto, Pipico e Elias.

O Santa teve quatro desfalques: volantes Ítalo Henrique (febre) e Charles (infecção intestinal); meias Jeremias (poupado após dores na coxa esquerda) e Allan Dias (problema no tornozelo direito). 

Veja também

Jogador do Avaí, Valdivia, entra em campo com Covid-19
Futebol

Jogador do Avaí, Valdivia, entra em campo com Covid-19

Acompanhe o lance a lance entre Fluminense x Sport
Serie A

Acompanhe o lance a lance entre Fluminense x Sport