Santa Cruz busca com urgência meia após negociar com Carmona

Diretoria de futebol do Santa encontra dificuldades no mercado para contratar um armador. Executivo Luciano Sorriso foi até São Paulo tentar viabilizar contratação, mas voltou ao Recife sem o reforço

Luciano Sorriso, executivo de futebol do Santa CruzLuciano Sorriso, executivo de futebol do Santa Cruz - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

A contratação de um meia é a mais aguardada pela torcida do Santa Cruz. Na busca pelo tão esperado reforço para o setor de criação, a diretoria de futebol está procurando alternativas no mercado. Segundo o executivo de futebol Luciano Sorriso, o clube negociou com quatro nomes, mas não conseguiu bater o martelo. Sem estabelecer prazo, o dirigente admitiu que já deveria ter contratado um jogador para a função e colocou como prioridade. 

“A gente tem buscado dia e noite esse atleta. Estamos atrás de perfis que se encaixem financeiramente com que a gente quer contar. Já era para ter trazido (um meia), mas os atletas que a gente foi atrás não quiseram vir. Já negociamos com atrás de quatro. E estamos atentos ao mercado a todo momento. Apesar da urgência, não podemos agir no desespero, até porque uma decisão precipitada pode ser ruim no futuro, então precisamos também de cautela”, afirmou o gerente remunerado do clube.

O executivo de futebol Luciano Sorriso revelou que aproveitou a ida até São Paulo, onde o Sub-20 do Santa disputa atualmente a Copinha, para conversar com dirigentes de clubes paulistas. O diretor, inclusive, assistiu à estreia da Cobra Coral no torneio de base, na última quinta-feira (3). “Fui até alguns clubes de São Paulo para tentar viabilizar algo, mas não podemos simplesmente contratar um jogador só porque ele atua no São Paulo ou no Santos. Temos um perfil traçado e por isso é preciso que o atleta se encaixe aqui”, declarou o dirigente.

Por fim, Luciano Sorriso comentou sobre a dificuldade que a direção do Santa tem encontrado no mercado. Em outra oportunidade, ele já havia dito que a concorrência é grande. “Não é nem questão financeira, mas sim de mercado, que está aberto. São 27 estaduais pelo Brasil e todos os clubes buscam essa posição, que é escassa no país. E a gente tem tido dificuldade porque eles preferem outro mercado, nosso histórico não é bom nos últimos anos. E a gente tem o trabalho de convencê-los que estamos mudando”, destacou.

Negociação

O Santa Cruz chegou a negociar com o meio-campista Pedro Carmona, ex-Náutico e que disputou a temporada 2018 pelo Paysandu/PA. As conversas foram conduzidas pelo presidente Constantino Júnior, mas o experiente atleta, de 30 anos, fechou com o Novorizontino/SP para jogar o Campeonato Paulista. O executivo de futebol do clube, Luciano Sorriso, não descartou um acerto com o jogador no futuro (para o Campeonato Brasileiro da Série C).

“Teve um atleta que se falou muito, mas ele preferiu um Campeonato Paulista no primeiro semestre. Mas estamos com um contato que ele possa vir em um futuro próximo para nós. Claro que com as coisas caminhando aqui, profissionalizando os setores e fazendo com que tudo se encaminhe na parte financeira, isso nos dá respaldo para que ele possa vir ainda em 2019”, pontuou.

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8