Santa Cruz

Santa Cruz crê ser prudente Estadual reiniciar após término da Copa NE

Tricolor é o líder do Estadual com 22 pontos e tem vaga assegurada na semifinal

Constantino Júnior, presidente do Santa CruzConstantino Júnior, presidente do Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens/Arquivo Folha

Com o reinício da Copa do Nordeste assinalado para o dia 21 de julho, o Santa Cruz começa a direcionar foco total para o River/PI, partida que será valida pela última rodada da fase classificatória. O Estadual, por outro lado, segue com data indefinida. Cenário que pode mudar nesta semana. Para o presidente do executivo do Santa, Constantino Júnior, contudo, o clube não terá condições de encarar "idas e vindas" de Salvador a Recife para disputar as duas competições.

“O elenco inteiro vai estar isolado, numa condição de não poder fazer deslocamento. Imagine: você está em Salvador, volta para Recife, depois volta para Salvador. O fato dos clubes estarem em um único local não vai permitir que tenha essa possibilidade de idas e vindas, enquanto estiver sob disputa da competição (Copa do Nordeste)”, destacou o mandatário coral. 

“Eu acho que não tem como disputar as duas competições (ao mesmo tempo). Na minha concepção, vai ter uma competição de cada vez, até porque o time vai estar isolado - em Salvador - já para não estar tendo risco de contaminação e de viajar no meio da competição. Não tem como ficar indo e voltando, até porque os jogos são muito rápidos, num intervalo curto de espaço. É mais prudente que se termine uma competição para iniciar a outra. É difícil colocar dois jogos em um dia numa condição de estar em locais distintos, por exemplo”. 

Em conversa com a Folha de Pernambuco nesta quarta, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) Evandro Carvalho, disse enxergar a possibilidade das equipes disputarem mais de uma competição ao mesmo tempo com normalidade. Além disso, o cartola ressaltou não haver prejuízo aos atletas, caso as partidas entre uma competição e outra aconteçam em um curto espaço de tempo, uma vez que os clubes poderiam lançar dois times diferentes para cada torneio. 

O mandatario do Santa Cruz, entretanto, não observa por essa perspectiva. Hoje, a Cobra Coral conta com 30 atletas em seu plantel, por isso Constantino crê não ter espaço para o elenco disputar duas competições simultaneamente, enfatizando, então, ser prudente que o Estadual seja reiniciado somente após o encerramento do Nordestão.  

“Hoje, não (existe condições de o Santa montar dois times para competições distintas) Tem comissão técnica, jogador, banco de reservas. Estamos com um trabalho limitado no número de atletas. Não podemos colocar só os meninos da base, do sub-20, sub-23, até por conta de liberação mesmo. O clube está concentrado para uma competição e não tem como ter dois grupos com 20 atletas. Tem atleta que pode estar suspenso em uma competição ou lesionado. Acredito que nenhum clube de Pernambuco tenha condição de fazer isso. Hoje para os clubes daqui é muito difícil”.

A data do início do Estadual deve ser decidida nós próximos dias. A pretensão é que o martelo seja batido pela Secretária de Saúde do Estado em reunião nesta semana, que deve marcar o consenso entre o Governo do Estado e a FPF para a retomada do futebol local.

Veja também

Dal Pozzo elogia espírito da equipe e projeta evolução
Futebol

Dal Pozzo elogia espírito da equipe e projeta evolução

Náutico fica no 0x0 com o Operário/PR
Futebol

Náutico fica no 0x0 com o Operário/PR