Santa Cruz é derrotado em Maceió

CRB venceu por 1x0. O gol do jogo foi anotado por Neto Baiano

Neto BaianoNeto Baiano - Foto: Assessoria de Imprensa do CRB

O Santa Cruz resolveu esperar o CRB. Tática que visou explorar os erros dos mandantes, atuando no estádio Rei Pelé, nesta terça-feira, em Maceió. Mas a pressão adversária acabou surtindo efeito, e o placar de 1x0 foi construído. O gol da vitória do Galo foi marcado pelo centroavante Neto Baiano. Com o resultado, os corais perderam os 100% de aproveitamento na Série B do Campeonato Brasileiro e desceram para a terceira colocação na competição. A equipe volta a campo apenas no dia 3 de junho, quando enfrentam o ABC, no estádio do Arruda.

O retrospecto de ser um mandante invicto na temporada justificou a postura defensiva do Santa Cruz no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os primeiros minutos de jogo pareceu um monólogo do CRB, pelo menos, no quesito posse de bola. Até porque, oportunidades de gols foram escassas pelo lado do Galo. O goleiro Júlio César praticamente não trabalhou. Quando viu sua equipe subir em direção a defesa adversária, as chances surgiram apenas em contra-ataques. Este panorama, no entanto, mudou no decorrer do primeiro tempo. Para os dois lados.

Ao todo, sete finalizações foram produzidas na partida. Cinco do CRB e apenas duas pelo lado do Santa Cruz. A primeira chance real de gol, no entanto, foi coral. E ela só aconteceu aos 32 minutos. Anderson Salles cobrou falta de muito longe, Juliano defendeu e soltou. Pitbull e Everton Santos não conseguiram finalizar e André Luís chega para mandar por cima. O jogo, de fato, melhorou apenas depois da metade da etapa inicial. Este susto, inclusive, fez os alagoanos acordarem na partida.

O primeiro gol no jogo até chegou a quase ser marcado pelo CRB. Aos 45 minutos, Diego cobrou escanteio e Neto Baiano, livre de marcação, cabeceou para o chão, viu a bola quicar no chão e encobrir o gol de Julio Cesar. Na sequência, o meia Chico finalizou de fora da área e assustou o arqueiro Coral. A bola passou tirando tinta da trave tricolor. Após o intervalo, a tônica se manteve. Foram pelo menos 15 minutos de pressão dos mandantes alagoanos. Aos seis, uma nova oportunidade: Chico mandou uma bomba de fora da área e Julio Cesar defendeu. Sem conseguir segurar, a bola quase entra. Ela beijou o travessão antes de morrer pela linha de fundo.

Por todo o segundo tempo a pressão ofensiva se tornou um sinônimo do CRB. Até que aos 27 minutos, após nova finalização, o goleiro Júlio César deu rebote e a bola bateu na trave. Neto Baiano tentou a finalização, mas Anderson Salles corta com a mão. Pênalti marcado. Na cobrança o próprio Neto Baiano foi o responsável por fazer o gol da vitória. O Santa Cruz chegou a namorar com o empate, aos 31 minutos. Nininho fez boa jogada individual e cruzou. Nenhum atacante consegue finalizar, mas o zagueiro Flávio Boaventura cortou e quase faz contra. O 1x0 foi mantido.

FICHA DE JOGO

CRB

Juliano; Marcos, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Edson Ratinho (Elvis), Yuri (Jorginho) e Chico; Mailson (Erick Salles) e Neto Baiano. Técnico: Léo Condé

Santa Cruz

Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Bruno Silva e Tiago Costa (Roberto); Elicarlos (Ricardo Bueno), David, William Barbio (Thiago Primão), Everton Santos e André Luís; Halef Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió
Árbitro: Adriano Milczvski
Assistentes: Rafael Trombeta e Diogo Morais
Gols: Neto Baiano (aos 28 do 2ºT)
Cartões amarelos: Yuri, Gabriel, Maxwell (CRB); Elicarlos, Anderson Salles (Santa Cruz)
Público e renda: Não divulgados

Veja também

Técnico do Real Madrid Zidane testa positivo para covid-19
Futebol Internacional

Técnico do Real Madrid Zidane testa positivo para covid-19

Burnley vence e encerra invencibilidade do Liverpool de 68 jogos em Anfield
Premier League

Burnley vence e encerra invencibilidade do Liverpool de 68 jogos em Anfield