Santa Cruz enfrenta Itabaiana este sábado em vantagem, porém cauteloso

Diante de falhas expostas, sinal de alerta foi ligado no Santa Cruz para jogo da volta contra Itabaiana, pelo Nordestão

Vítor Vítor  - Foto: Anderson Stevens/arquivo folha

 

Levando em consideração apenas a matemática, a vantagem construída pelo Santa Cruz diante do Itabaiana/SE, quarta-feira, fez a vaga na semifinal da Copa do Nordeste estar bem próxima do Arruda. Afinal, o 1x0 do primeiro jogo permite aos corais jogar por qualquer empate, diante de seu torcedor, às 18h15 deste sábado. Por outro lado, no entanto, os sergipanos precisam vencer para continuarem vivos na disputa - caso o 1x0 seja repetido, a favor dos visitantes, o duelo será decidido nos pênaltis. Além disso, o fato de a partida de ida ter exposto muitos problemas no Tricolor, o sinal de alerta acabou ligado no clube. E o discurso dos atletas tem sido de cautela em virtude de armadilhas que estejam por vir.
“Temos de entrar em campo como se não houvesse vantagem. Imaginar que a disputa está no 0x0. A partir daí, buscar a vitória em casa, com a ajuda do nosso torcedor. Nossa vantagem é boa, mas não o suficiente para uma conquista tranquila da vaga”, disse o lateral-direito Vítor. No primeiro jogo, o Santa Cruz fez o 1x0 graças a uma falta cobrada com perfeição pelo zagueiro Anderson Salles. As rédeas da partida, no entanto, foram tomadas pelos sergipanos, que chegaram a namorar com o empate em vários momentos. O principal problema apresentado pelos corais foi na criação de jogadas ofensivas.
Assim como Vítor, o técnico Vinícius Eutrópio também espera contar com a necessária força das arquibancadas do Arruda. “Na palestra antes do jogo lá em Itabaiana, falei para os jogadores o quanto era importante a vitória para fazer um pacto com a torcida.

Conseguimos a vantagem, e esperamos que a torcida venha. Tomara que tenha pelo menos 15 mil pessoas para a gente ser empurrado. Tenho certeza que os torcedores vão chegar junto porque, no mata-mata, é muito importante a participação deles”, declarou o comandante tricolor.

Time

Em relação à equipe, Vinícius Eutrópio espera repetir o time que enfrentou o Itabaiana no jogo de ida. Mas para o reencontro, o treinador apontou três dúvidas por causa de desgaste. E elas estão concentradas no setor de ataque: André Luís, Everton Santos e Halef Pitbull. “O time está praticamente definido, só estou aguardando, realmente, a questão do desgaste. Do contrário, será o mesmo time que iniciou o jogo lá (em Sergipe)”, declarou, pouco antes de também garantir que não existe possibilidade de os três atletas não entrarem em campo. Caso exista a necessidade de substituições, Pereira, William Barbio e Facundo Parra seriam os respectivos escolhidos para a composição do trio de ataque.

 

Veja também

Acidente aéreo mata piloto, presidente e quatro jogadores do Palmas
Tragédia

Acidente aéreo mata piloto, presidente e quatro jogadores do Palmas

Sport e Bahia fazem clássico nordestino de olho em se distanciar do Z4
Futebol

Sport e Bahia fazem clássico nordestino de olho em se distanciar do Z4