Santa Cruz não engata série de vitórias desde fevereiro

Em fevereiro, o Santa Cruz venceu, em sequência, o Treze/PB, pela Copa do Nordeste, e depois derrotou o Afogados da Ingazeira, pelo Campeonato Pernambucano

Tricolores buscam fazer nova festa em SalgueiroTricolores buscam fazer nova festa em Salgueiro - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

O Santa Cruz não vence duas partidas seguidas na temporada há quase quatro meses. A última vez que conseguiu engatar uma sequência de dois triunfos, a maior até aqui, foi em fevereiro. Na ocasião, o Tricolor goleou o Treze/PB por 3x0, no estádio do Arruda, pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Nordeste, e depois derrotou o Afogados da Ingazeira por 1x0, fora de casa, pela 6ª rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano.

Após ganhar no sufoco do Juazeirense/BA por 1x0, dentro de casa, no último sábado, o Santa quer seguir no caminho das vitórias diante do Salgueiro, segunda-feira (11), no estádio Cornélio de Barros, pela 9ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro Série C. A conquista dos três pontos no Sertão do Estado vale a manutenção da Cobra Coral entre os quatro melhores colocados do Grupo A.

Leia também:
Santa corre contra o tempo para contratar novos reforços
Santa Cruz e Salgueiro: equilíbrio na tabela e no histórico
Visitante indigesto, Santa tem jogo de seis pontos no Sertão

Treino

O técnico Roberto Fernandes pode ganhar mais um problema. O lateral-esquerdo Henrique Ávila, que já seria o substituto imediato de Allan Vieira, suspenso pela expulsão e com uma lesão no tornozelo esquerdo, se machucou no treinamento de ontem à tarde, no Espaço e Lazer do Hospital Português, em Aldeia. Antes do trabalho tático, o jogador se queixou de dores na coxa esquerda e vai passar por um exame de imagem para saber se há lesão.

Com a falta de opções para a lateral-esquerda, o volante Willian Maranhão foi improvisado na função. O recém-contratado já foi regularizado junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Desta forma, o Santa ficou escalado com Tiago Machowski; Mailton, Augusto, Sandoval e Willian Maranhão; Carlinhos Paraíba, Arthur Rezende; Robinho, Fabinho Alves, Augusto e Leandro Costa.

O lateral-direito Mailton, o volante Willian Maranhão e os atacantes Fabinho Alves e Leandro Costa entraram nas vagas do lateral-direito Vítor (lesionado), do lateral-esquerdo Allan Vieira (suspenso), do meia Valdeir lesionado) e do volante Charles (suspenso), todos desfalques, respectivamente.

Veja também

Argentina derrota Paraguai e assume ponta do Grupo A
Copa América

Argentina derrota Paraguai e assume ponta do Grupo A

Paraguai aposta na sua capacidade defensiva para surpreender na Copa América
Copa América

Paraguai aposta na sua capacidade defensiva para surpreender na Copa América