A-A+

Santa Cruz oficializa acerto com polivalente Chiquinho

Lateral esquerdo/meia foi ao Arruda mais cedo para acertar últimos detalhes do contrato e agora se junta a Fabiano na posição

Chiquinho é o novo reforço do Santa CruzChiquinho é o novo reforço do Santa Cruz - Foto: Divulgação / EC Vitória

Após aparecer no Arruda na tarde desta quinta-feira, ficou praticamente certo que o Santa Cruz e Chiquinho haviam entrado em acordo. O executivo de futebol, Nei Pandolfo, adiantou em coletiva que faltava a assinatura do contrato e alguns exames para encerrar as tratativas. Não demorou muito e as redes sociais da Cobra Coral oficializaram a contratação do polivalente jogador, que tem capacidade para atuar na lateral-esquerda e mais a frente, assim como pode ser deslocado para o meio de campo.

Leia também:

Nei Pandolfo explica vinda de Chiquinho e confia em evolução do Santa

Lanterna do Grupo B, Santa inicia Nordestão diferente dos últimos dois anos 

Mais cedo, o dirigente citou a polivalência e o estilo de jogo diversificado do atleta em campo. “É um atleta que joga pelo lado esquerdo, já jogou como lateral-esquerdo quando necessário em algumas equipes, na segunda linha mais como atacante e como segundo volante. Então é um jogador que trabalha no setor esquerdo, na segunda linha, na primeira linha e por dentro. Ele pode fazer uma substituição com o Fabiano quando necessário, trabalhar por dentro também, dar um pouco de agressividade, tem uma bola parada muito boa. É um atleta já com boa experiência, mas ainda com muito potencial físico e técnico”, declarou. Até então, o elenco tinha apenas Fabiano na posição. Houveram partidas que o zagueiro Feliphe Gabriel foi improvisado para dar conta do recado.

Com 30 anos, o atleta acumula passagens em clubes relevantes do Brasil, como Atlético Mineiro, Corinthians, Ponte Preta, Fluminense, Santos, Flamengo, Coritiba e também passou no futebol asiático. Na temporada passada, defendeu o Vitória/BA e disputou 19 partidas na Série B, mas a continuidade não interessou ao clube baiano e, desde então, não entrou em campo.

Veja também

Bruno Becker deixa vice-presidência jurídica do Náutico
Náutico

Bruno Becker deixa vice-presidência jurídica do Náutico

Joaquim Bezerra deveria ir embora de vez do Santinha
Que Golaço!

Joaquim Bezerra deveria ir embora de vez do Santinha