Santa Cruz precisa vencer no Mundão esvaziado

Pressionado, Tricolor recebe o Treze pelo Nordestão e joga de portões fechados, cumprindo punição

Por conta dos maus resultados, time vem se cobrando neste início de temporadaPor conta dos maus resultados, time vem se cobrando neste início de temporada - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O roteiro dos jogos do Santa Cruz na temporada se repetiu quatro vezes em seis ocasiões: abriu o placar e cedeu o empate ao adversário. Saber segurar o resultado e suportar a pressão durante os 90 minutos são pré-requisitos para o Tricolor conquistar a tão esperada primeira vitória no ano. A cada partida sem vencer, a pressão aumenta.
Mesmo com públicos pequenos desde o ano passado, a revolta da torcida presente nas arquibancadas, até pelo retrospecto recente, é um fator que atinge o psicológico dos jogadores, que agora sentem a sensação de jogar com o estádio do Arruda vazio, contra o Treze/PB, às 21h45 desta terça-feira (6), pela 2ª rodada do Grupo A da Copa do Nordeste.

Leia também:
'Puxão de orelha' necessário no Santa Cruz
Rocha vê dificuldade para reestruturar Santa: “quebrado”
Santa Cruz cede empate ao Salgueiro e segue sem vencer

Por conta de uma confusão na semifinal do Nordestão do ano passado, o Santa foi punido pela Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Na ocasião, acabou eliminado pelo Sport e objetos foram arremessados das numeradas para o campo, direcionados ao volante Rithely e ao meia Everton Felipe, do Leão. A pena seria jogar em um local a 150km de distância do Recife, mas o clube fez um pedido a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para mandar o jogo na própria casa sem a presença da torcida e foi atendido.

“Eu prefiro jogar com torcida, tanto a favor como contra. Na fase boa ou ruim. Sabemos das dificuldades que vamos encontrar, estamos sem vencer e chegou o momento que não podemos nem empatar mais”, opinou o lateral-esquerdo Henrique Ávila, que fez a sua estreia no empate em 1x1 com o Salgueiro, no último sábado, e foi apresentado oficialmente ontem.

A seca de vitórias gera preocupação internamente. Diretoria, treinador, atletas, comissão técnica vivem dias angustiantes, mas reiteram a confiança no trabalho. Até aqui, o desempenho conta com quatro empates e duas derrotas. O mau início em 2018 eleva a cobrança. Dos seis confrontos disputados, apenas um deles foi pelo torneio regional (empate em 1x1 com o Confiança/SE, no estádio Batistão, na estreia oficial na temporada).

Às vésperas da partida diante dos paraibanos, houve um protesto de dezenas de membros da maior Torcida Organizada do clube. Das arquibancadas do José do Rego Maciel, os torcedores criticaram diretoria, grupo e técnico Júnior Rocha. O alvo principal foi o presidente Constantino Júnior. Após dez minutos de ameaça, eles foram retirados das dependências pelos seguranças.

Time

Praticamente sem tempo para treinar, o treinador indicou apenas uma mudança no último e único treinamento, ontem, no Arruda, antes de pegar o Treze/PB. O experiente e capitão Vítor voltou à titularidade na vaga do prata da casa Ítalo. O restante do time titular foi o mesmo do jogo contra o Carcará. Outra novidade foi a presença do atacante Augusto, que treinou normalmente e fica à disposição após três jogos fora de combate. Em contrapartida, o meia Daniel Sobralense segue como ausência pela segunda partida seguida por conta de uma contusão no tornozelo esquerdo.

Santa Cruz
Tiago Machowski; Vítor, Augusto Silva, Genílson e Henrique Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Arthur Rezende; Robinho, Vinícius e Jeremias. Técnico: Júnior Rocha.

Treze/PB
Saulo; Ferreira, Leonardo Luiz, Ítalo e Caique; Alberto, Dedé, Johnnatan e Marcelinho Paraíba; Fábio Neves e Reinaldo Alagoano. Técnico: Oliveira Canindé.

Local: estádio do Arruda (Recife/PE)
Horário: 21h45 (do Recife)
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca e Vinícius Melo de Lima (ambos do RN)
Transmissão: TV Jornal e Esporte Interativo

Veja também

Bayern, Real Madrid e Liverpool estreiam na Liga dos Campeões nesta quarta
Futebol

Bayern, Real Madrid e Liverpool estreiam na Liga dos Campeões nesta quarta

De volta, William Alves se diz 100% e destaca ‘equilíbrio’ do Santa no topo
Santa Cruz

De volta, William Alves se diz 100% e destaca ‘equilíbrio’ do Santa no topo