Santa Cruz: Público muito aquém do que se espera

Sendo assim, o confronto contra o Corinthians será encarado como um teste. No jogo, o clube terá direito a 50% da renda do jogo.

Querido embaixadorQuerido embaixador - Foto: Divulgação

 

Não é apenas o Santa Cruz que anda decepcionando nesta Série A do Campeonato Brasileiro. A presença dos torcedores corais nas arquibancadas do estádio do Arruda na competição tem deixado a desejar. Para se ter uma ideia, quando o clube esteve na Quarta Divisão, a média de público era de 40.592, número obtido nos oito jogos que a equipe teve na competição.

Enquanto isso, na elite do futebol brasileiro, com 14 partidas já disputadas, a média é de 10.090 expectadores pagantes. Tal disparidade tem motivado os dirigentes a mandar seus próximos jogos em praças alternativas. O confronto contra o Corinthians, inclusive, pela 30ª rodada, será disputado na Arena Pantanal, em Cuiabá.
O principal motivo que tem servido de justificativa para a postura é em relação a atual situação financeira do clube. Hoje, o Santa Cruz deve três meses de salários aos jogadores e cinco aos funcionários. Devido à campanha do time na Série A, não há expectativas de melhora de público para os cinco jogos restantes da equipe como mandante. Vale lembrar que outras receitas estão boqueadas pela Justiça do Trabalho.

Sendo assim, o confronto contra o Corinthians será encarado como um teste. No jogo, o clube terá direito a 50% da renda do jogo.
O maior lucro do Santa Cruz na competição foi na vitória por 4x1 sobre o Cruzeiro: R$ 202.340,31. Um dos parâmetros levados em consideração pelos tricolores para mandar o jogo na Arena Pantanal é o confronto entre Flamengo e Santos. O duelo também realizado em Cuiabá contou com um público total de 21.814. A renda: R$ 1,8 milhão.

Pela matemática coral, o Santa Cruz levaria aproximadamente R$ 900 mil.
O Tricolor até inicou o Brasileirão recebendo um bom público. Na oportunidade, confronto contra o Vitória, vencido por 4x1, 20.038 pessoas estavam presentes no estádio, mesmo com o duelo marcado para as 11h. Com o passar das rodadas, o número de torcedores foi caindo junto com o desempenho da equipe dentro de casa. Atualmente o Santa Cruz seria o lanterna da competição, se fosse levado em consideração apenas os jogos no Recife. Em 14 jogos, o time conseguiu apenas cinco triunfos, um empate e 11 derrotas. O aproveitamento é de 38,10%. O clube não conseguiu colocar mais de 20 mil pessoas atuando em seus domínios.
Além da baixa campanha em jogos no Recife, outros fatores também merecem ser considerados para comprovar tamanha disparidade entre a média de público da equipe nas Séries A e D. O fim do programa Todos Com a Nota, o aumento do preço de ingressos e uma maior quantidade de jogos no ano, seguem como os mais relevantes.

“Não tenho o que falar do meu torcedor. Sempre nos apoiou em momentos difíceis, e segue indo a campo nesta Série A. Mas, sim, esperávamos um pouco mais”, disse o vice-presidente coral, Constantino Júnior, durante o evento de sorteio da Copa do Nordeste 2017.

 

Veja também

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League
Futebol Internacional

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League

Campeão mundial com a Inglaterra, Jack Charlton morre aos 85 anos
Luto

Campeão mundial com a Inglaterra, Jack Charlton morre aos 85 anos