Santa Cruz tem segunda melhor defesa da Série C

Equipe tem o melhor desempenho entre os concorrentes do Grupo A, e perde apenas para o Bragantino, quarto colocado do Grupo B, com 10 gols sofridos

Goleiro Tiago Machowski no Clássico das EmoçõesGoleiro Tiago Machowski no Clássico das Emoções - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Em 14 jogos disputados na Série C do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz sofreu 11 tentos. A média de 0,78 gols por jogo pode até parecer alta. Mas o número é expressivo e ilustra bem a atual campanha do clube. A equipe tem o segundo melhor desempenho defensivo, entre todos os 20 concorrentes, na competição. No topo desta lista está o Bragantino, no Grupo B do nacional, com 10 gols sofridos. Ambas as equipes, inclusive, estão no G4 de suas respectivas chaves. A manutenção de tal retrospecto poderá significar um caminho mais tranquilo em direção ao acesso à Segunda Divisão. 

No Grupo A da Série C, o Santa Cruz tem uma boa margem de diferença entre os demais adversários. Por coincidência, a segunda melhor equipe, em termos defensivos, da chave tricolor é o Botafogo/PB, com 14 gols. Os dois times irão medir forças, no próximo sábado, às 19h, no estádio Almeidão, em João Pessoa. Justificativas para o desempenho coral são até facilmente identificáveis.

Desde que o técnico Roberto Fernandes passou a comandar o Tricolor (sua estreia aconteceu no 0x0 diante do Salgueiro, no dia 11 de junho, pela nona rodada), a equipe acabou vazada em três, das seis partidas, no período. Além disso, poucas foram às vezes que, tanto as peças da proteção de zaga, quanto a defesa, propriamente dita, sofreram alterações. A escalação com Thiago Machowski, Vítor, Danny Morais, Augusto Silva, Allan Vieira, William Maranhão e Eduardo está na ponta da língua do torcedor coral.

Veja também

Brasil perde para EUA na semifinal da Copa América de Basquete
BASQUETE

Brasil perde para EUA na semifinal da Copa América de Basquete

Novo estatuto do Santa Cruz entra em vigor
Futebol

Novo estatuto do Santa Cruz entra em vigor