Futebol

Santa Cruz tenta liberação de parte do anel superior do Arruda para o jogo contra o Tocantinópolis

O Tricolor já realizou algumas das exigências do Corpo de Bombeiros de Pernambuco; saídas de emergência são o maior empecilho

Estádio do ArrudaEstádio do Arruda - Foto: Rafael Melo/SCFC

O Santa Cruz iniciou a venda de ingressos para a partida contra o Tocantinópolis-TO sem o programa Todos com a Nota. O motivo é que o Tricolor ainda não conseguiu a liberação do anel superior do Arruda. No entanto, o clube tem a expectativa de que parte da capacidade do local seja autorizada para o próximo jogo. 

Atualmente o estádio do Arruda está com a lotação máxima permitida para 20 mil torcedores, todos na parte inferior. O Tricolor vem tentando a liberação do anel superior ao longo desta Série D.

A Cobra Coral já realizou algumas das exigências do Corpo de Bombeiros de Pernambuco. Foram acrescentados em todo o setor: corrimãos, iluminação de emergência e placas de sinalização. O Santa Cruz também está colocando guarda-corpo de 1,80m na arquibancada. 60% da obra foi realizada e o resto deve ser concluído ainda nesta quarta-feira (03). 

Uma das principais exigências do Corpo de Bombeiros é a instalação do 'guarda-corpo' no anel superior. Em contato com a equipe de reportagem da Folha de Pernambuco, o membro da comissão patrimonial do Santa Cruz, Theo Silva, falou que espera que uma vistoria seja realizada nesta quinta (4).

“Estamos confiantes que haja uma vistoria amanhã para que a gente consiga liberar a parte desse anel superior para o ‘Todos com a Nota’. Infelizmente as chuvas de ontem (2) e hoje (3) atrapalharam um pouco o andamento do trabalhos, mas vamos invadir a noite trabalhando para conseguir pelo menos o ‘guarda-corpo’, que é uma das exigências maiores do Corpo de Bombeiros nos fez”, disse.

Parte do guarda-corpo já instalada no anel superior do ArrudaParte do guarda-corpo já instalada no anel superior do Arruda. Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

O maior empecilho para a volta do anel superior são as saídas de emergências, que segundo os Bombeiros não são suficientes para o público. Essas intervenções dependem de um aporte financeiro maior. Por essa razão, o Santa busca a liberação de uma parte do setor, que tem capacidade total para 15 mil torcedores. Em contato com a reportagem, a assessoria do Corpo de Bombeiros informou que não tinha previsão para uma nova vistoria no estádio.

A partida contra o Tocantinópolis-TO, pelas oitavas de finais da Série D, acontece no próximo domingo (07), às 16h.
 

Veja também

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega
São Paulo

PM acusado da morte de lutador de jiu-jitsu se entrega