Futebol

Santa Cruz visita o Paysandu na estreia da Série C

Após vice no Pernambucano, Tricolor mira, pelo terceiro ano consecutivo, o acesso à Segundona

Pipico anotou duas vezes em seu primeiro Clássico das MultidõesPipico anotou duas vezes em seu primeiro Clássico das Multidões - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Acabou a espera, torcida tricolor. Mirando novos ares, o Santa Cruz visita o Paysandu, neste sábado (8), às 17h, na Curuzu, em Belém/PA, em partida válida pela rodada de estreia da Série C do Campeonato Brasileiro. De ressaca, depois de perder o título estadual para o Salgueiro, o Tricolor vira a chave para a Terceirona buscando se redimir das últimas duas edições para alcançar o objetivo maior na temporada: o acesso à Série B. 

Considerada o grande desafio dos corais em 2020, a Terceira Divisão ganhou novo formato. Este ano, os mata-matas dão lugar a dois quadrangulares, com partidas de ida e volta. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga na Série B. Esta é a terceira vez consecutiva que a Cobra Coral tenta subir de divisão. 

 

No primeiro dessa caminhada, neste sábado, o Tricolor conta com a vantagem de ter maior número de treinos e jogos disputados em relação ao Papão. Isso, porque além de ter dado início aos trabalhos presenciais no dia 17 de junho - dez dias antes do Lobo -, o time comandado por Itamar Schülle tem na bagagem seis duelos travados desde que a bola voltou a rolar. Ao contrário do Paysandu, que disputou apenas duas partidas desde o retorno do futebol no Pará. 

Ainda assim, o treinador coral terá de quebrar a cabeça para armar o time frente o bicolor. Com cansaço muscular, André, Paulinho e Victor Rangel estão fora da estreia, bem como Didira e Fabiano (lesionados). Para as vagas, Célio deve herdar a lateral esquerda, enquanto Bileu e Tinga assumem a cabeça de área. No meio, João Cardoso ou Jeremias devem ser acionados. Caso não opte por Derlis Alegre, assim como no jogo contra o Carcará, Jeremias também pode ser encaixado na ponta direita, ladeado por Pipico e Augusto Potiguar. 

Paysandu
Vindo de duas vitórias seguidas e já com vaga garantida na semifinal do Paraense, o Papão tem o comando de Hélio dos Anjos. O treinador, inclusive, é um velho conhecido da torcida pernambucana, após três passagens pelo Sport, onde foi três vezes campeão do Pernambucano, e duas pelo Náutico, onde, em 2006, conquistou o acesso à elite do futebol brasileiro com o Timbu. 

Ficha técnica

Paysandu

Gabriel Leite; Netinho (Tony), Perema, Wesley Matos, e Diego Matos; Serginho, Caique Oliveira e Alan Calbergue; Vinícius Leite, Matheus Anderson e Nícolas. Técnico: Hélio dos Anjos. 

Santa Cruz

Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Célio Santos; Bileu, Tinga e Jeremias (João Cardoso); Derlis Alegre (Jeremias), Pipico e Augusto Potiguar. Técnico: Itamar Schülle.

Local: Estádio Curuzu (Belém/PA)
Horário: 17h
Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC). Assistentes: Eli Alves e Gizeli Casaril (ambos de SC).
Transmissão: DAZN e Mycujoo

Veja também

Thiago Neves cobra R$ 20 milhões do Atlético-MG após 'quase acerto'
Futebol

Thiago Neves cobra R$ 20 milhões do Atlético-MG após 'quase acerto'

Regularizado, Thiago Neves diz estar ansioso pela estreia no Sport
Sport

Regularizado, Thiago Neves diz estar ansioso pela estreia no Sport